O ex-integrante do Pânico, Carlinhos Mendigo, deu uma entrevista ao 'Câmera Record', que será exibido no próximo domingo (23), e, emocionado, falou sobre o drama familiar que passa com a prisão do irmão, acusado de homicídio. O artista revelou que ficou sabendo da situação após ser eliminado de 'A Fazenda', em 2019, e defendeu o irmão durante a gravação para o programa da RecordTV. "Há evidências de que ele é inocente", salientou.

A entrevista reveladora

Carlinhos ficou conhecido após dar vida ao personagem Mendigo, no programa Pânico, que teve sua estreia na televisão na Rede TV e em seguida passou para a Band.

Publicidade

O artista, após o enorme sucesso, participou de uma das edições do reality show A Fazenda, na RecordTV, e foi justamente ao ser eliminado do programa que tomou conhecimento da prisão do irmão.

Em uma entrevista reveladora ao Câmera Record, Carlinhos recordou o passado e falou sobre a prisão de Fabinho, como é conhecido. Segundo o humorista, o irmão cumpre pena por homicídio. “Ele está sendo acusado de quádruplo homicídio”, afirmou ele, logo em seguida saindo em defesa do irmão. Mendigo fez questão de dizer que acredita na inocência de Fabinho ao revelar que a acusação diz que foi ele, mas ainda existem várias evidências que provariam que não foi.

Fabinho, acusado de assassinato, cumpre pena em São Paulo no presídio Presidente Bernardes, considerado de segurança máxima.

Possível prisão por pensão alimentícia

Ainda em entrevista ao programa da RecordTV, Carlinhos falou de mais um drama que tem passado devido ao pagamento de pensão alimentícia para o filho Arhur, fruto de um relacionamento com Aline Hauck, que foi assistente de palco do apresentador Gugu.

Há pelo menos dois anos sem pagar a pensão do filho, Carlinhos foi categórico ao dizer que corre o risco de ser preso mas não iria pagar a pensão, uma vez que não pode ver o filho. “Se for para eu ser preso, eu vou.

Publicidade

Mas eu não vou mais pagar pensão para não ver meu filho”, disparou sem temer as consequências.

A disputa pela pensão do filho tomou novas dimensões, após o humorista ser demitido da RecordTV. Na época, o artista pediu judicialmente que o valor fosse reduzido, mas não obteve resposta. Revoltado, Carlinhos contou que não se importaria em passar trinta dias detido, e que se isso acontecesse, não queria que ninguém pagasse "a conta". Na época em que a batalha judicial veio à tona, Mendigo contou que reduziu a quantia paga por conta própria, e fez questionamentos sobre como a mãe da criança gastava o dinheiro.

Mendigo ainda falou sobre sua infância pobre e sua criação em um orfanato após ser abandonado por sua família, e que cresceu na Febem, e já teria vivido nas ruas. Emocionado, o artista relatou que muitos lhe jogam pedras e fazem deduções a seu respeito sem saber realmente quem é ele e tamouco conhecer a sua história.

Carlinhos estourou com o personagem Mendigo, em um quadro no programa Pânico, onde, na companhia de outro humoristas, colavam adesivos em moças que achavam bonitas ou não, fazendo o maior sucesso com os telespectadores da atração.

Publicidade

Atualmente, Carlinhos segue afastado dos programas televisivos.