Franco Scornavacca faleceu neste sábado (15) em São Paulo e pegou de surpresa os filhos Kiko, Leandro e Bruno, do KLB, que precisaram cancelar um show após a triste notícia. A informação sobre o falecimento do empresário foi noticiada no Instagram dos filhos e deixou os fãs do trio entristecidos. Os três cantores que estavam com um show agendado para hoje (15) em Curitiba, no Paraná, retornaram para São Paulo após receberem a notícia de que o pai havia morrido.

O último adeus

Bruno e Kiko, usaram suas redes sociais para prestar a última homenagem ao pai e dar o último adeus ao empresário.

Emocionado, Kiko postou uma foto do pai ainda na juventude e escreveu que Franco seria para sempre o seu herói, mesmo nunca tendo usado capa.

O cantor mensurou o tamanho do amor sentido pelo patriarca da família e recebeu o carinho dos internautas, seguido de muitas mensagens de forças nesse momento difícil.

Bruno divulgou no Instagram uma foto em que aparece sua mão entrelaçada a do pai e assim como Kiko, intitulou o empresário como seu herói, como um último adeus, o cantor falou da saudade que já estaria sentindo, da certeza de que o pai estaria ao lado de Deus e finalizou declarando amor infinito. Assim como o imão, Bruno recebeu inúmeras mensagens de carinho dos fãs que se comoveram com a perda do artista.

Leandro, um dos filhos de Franco e integrante do KLB, ainda não se pronunciou nas redes sociais.

O legado de Franco

Franco Scornavacca começou sua carreira ainda nos anos 60, como músico e em 1967 formou o grupo The Jetsons, que depois de algum tempo mudou o nome para Os Brasas, associado à Jovem Guarda e gravou um LP.

Já nos anos 70, o cantor seguiu carreira solo, usando apenas o seu primeiro nome e chegou a gravar mais alguns outros discos.

Franco, além de ser um dos grandes responsáveis pelo sucesso dos filhos no grupo KLB, ainda empresariou grandes nomes da música ao longo de sua carreira empresarial. Leandro e Leonardo e Zezé di Camargo e Luciano foram duas duplas assessoradas por Franco e que explodiram no Brasil, fazendo sucesso até hoje. Zéze e Luciano seguem fazendo diversos shows pelo país enquanto Leonardo mantém a carreira solo depois que o irmão Leandro faleceu vítima de um câncer.

Além dos sertanejos, Franco também trabalhou com Lulu Santos, Roupa Nova e Roberta Miranda, artistas consagrados até hoje.

A causa da morte de Franco Scornavacca foi anunciada pelo G1 como consequência de uma parada cardíaca.