Na próxima segunda-feira, dia 17, o jornalista Leo Dias, do 'Fofocalizando' e do jornal 'O Dia', começará a passar por um rigoroso tratamento contra seu vício em cocaína. Por período indeterminado, o jornalista ficará internado em uma clínica de reabilitação,

Leo Dias estará totalmente incomunicável. Recentemente, o jornalista divulgou em seu Instagram que, para se comunicar com ele, será possível apenas por mei [VIDEO]o de uma assessoria de imprensa especializada que contratou. Para quem já está com saudades do jornalista no Fofocalizando, uma boa notícia: o tratamento inicialmente deve durar apenas uma semana.

Toda a polêmica começou quando Leo publicou uma sequência de vídeos no stories de seu Instagram oficial.

Muitos seguidores estranharam a forma hiperativa com que o jornalista se comunicava, sempre falando de forma muito acelerada e desconexa. Por conta disso, ele foi alvo de perseguição nas redes sociais e até chacota, principalmente no Twitter. Em outra oportunidade, Leo disse não se importar com o que as pessoas falam, e assegurou saber que seu vício só faz mal a ele.

Sílvio Santos lhe "deu um choque"

Segundo próprias palavras do jornalista, Sílvio Santos, dono do SBT, lhe deu um "choque", o que foi crucial para ele ter tomado a decisão de procurar tratamento. Segundo entrevista de Leo Dias ao jornalista Daniel Castro [VIDEO], do Notícias da TV, ele ficou sabendo que alguns diretores do SBT cogitavam o demitir, por conta do vício, porém, Sílvio Santos tomou a frente e não permitiu que isso acontecesse.

Segundo o próprio Leo, Sílvio Santos optou por não demiti-lo, pois sabe que ele está doente. O fato de Sílvio encara o vício como uma doença foi como um choque, segundo Leo Dias.

Leo usa cocaína desde 2001. De lá para cá, já se submeteu a diversos tipos de tratamentos, desde internações até terapias, porém, nenhum deu o resultado esperado. Antes de se juntar ao elenco do Fofocalizando, Leo trabalhava na RedeTV!, uma emissora com bem menos repercussão do que o SBT. Segundo o jornalista, isso ajudou a piorar seu quadro, pois sua visibilidade aumentou e ele virou alvo de muitas críticas, uma verdadeira celebridade.

Leo passará por um tratamento a base de uma substância chamada de ibogaína, que causa alucinações muito fortes, correndo risco até de morte, porém, a porcentagem de pessoas que conseguem largar o vício após o tratamento com a substância supera os 60%.