Os ânimos das pessoas se exaltaram nesta eleição a ponto de causar intrigas e confusões até mesmo nas próprias famílias. A atriz da Rede Globo Kéfera Buchmann acabou rompendo relações com a própria mãe, e tudo em decorrência de conflitos de opiniões políticas. Ela cortou os laços com a mãe, Zeiva Buchmann, ainda no primeiro turno das Eleições. A atriz até deixou de seguir Zeiva no Instagram.

A grande raiva de Kéfera é porque sua mãe apoiou o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, e ela não concordou com isso.

Publicidade

Para a artista global, Ciro Gomes é que deveria ter o voto de seus pais. Kéfera votou em Curitiba e preferiu ficar na casa de uma tia ao invés de ir para seus pais.

Ao sair o resultado da votação, Kéfera chorou e decidiu gravar um vídeo enfatizando as palavras: "Ele não, ele nunca". A atriz falou que não estava nem conseguindo falar de tão irritada e decepcionada com essas eleições. Em seguida, citou que foi ameaçada por apoiadores de Bolsonaro. De acordo com ela, foram muitas ofensas e ela precisava falar tudo.

Kéfera afirmou que não é de ficar escondendo coisas e que não consegue viver a vida dela fingindo que nada está acontecendo. Os seguidores da atriz se assustaram com a decepção dela.

Grande vantagem

Bolsonaro foi para o segundo turno com uma grande vantagem sobre o seu adversário, Fernando Haddad (PT). Os petistas terão que buscar novas estratégias para tentar impedir a vitória do candidato do PSL.

Muitos Famosos da Rede Globo apoiaram a ideia da hashtag #EleNão, entretanto, isso não surtiu efeito e Bolsonaro foi vencedor na maioria dos estados.

A campanha do segundo turno está começando e uma grande polarização envolve o Brasil.

Publicidade

Bruna Marquezine

Outra atriz que também foi criticada por alguns seguidores é Bruna Marquezine. Ela apoiou Ciro Gomes e teria repudiado qualquer apoio a Bolsonaro.

Porém, seu namorado, o jogador Neymar Jr. chegou a curtir posts de amigos que são apoiadores de Bolsonaro e criou-se a ideia de que ele também votou no capitão.

Ao perceber que Neymar pudesse ter votado em Bolsonaro, Bruna Marquezine "cutucou" a relação dos dois. De acordo com o texto de uma imagem, ela curtiu os seguintes dizeres: "Se o seu namorado vota em um candidato machista, ele te vê como inferior".

Alguns fãs perceberam que haviam algo estranho nela. Ela postou um vídeo nas redes sociais com o rosto meio inchado, como se tivesse chorado. Surgiram rumores de que os dois poderiam estar brigados por causa da política.