Em meio aos ânimos alterados após a conclusão das Eleições presidenciais no 1º turno para o cargo de Presidente da República, a atriz Bruna Marquezine, que votou no candidato Ciro Gomes (PDT), usou seu perfil no Instagram para protestar contra o resultado da eleição.

As manifestações da atriz acabaram gerando críticas entre os brasileiros apoiadores de Bolsonaro. Muitos começaram a questionar a atriz sobre o seu desabafo.

Publicidade
Publicidade

Durante o debate acalorado, ela respondeu a inúmeros comentários e críticas em relação a sua pessoa. Depois de ser chamada de ''mimadinha'', Marquezine postou que cresceu em uma realidade diferente da qual ela vive agora. E concluiu dizendo que não é essa garota alienada que muitos afirmam.

'Tenho medo de defender políticos', explicou Marquezine

Durante o debate acalorado, Marquezine contou que não está ligada a nenhum partido político.

Publicidade

Ela também disse ter medo de defender políticos. Após ser perguntada, se ela acredita ser mais inteligente que a maioria a população brasileira, Marquezine respondeu: "não acredito que todo mundo seja burro e nem que eu seja a mais esperta". E concluiu dizendo que "as pessoas precisam ouvir uma as outras para, juntos, termos boas perspectivas".

Neymar é criticado por curtir post a favor de Bolsonaro

Assim como sua namorada, o jogador Neymar Jr.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Jair Bolsonaro

também se tornou alvo de críticas. O jogador do Paris Saint-Germain, que vive na França, curtiu uma publicação favorável ao candidato Jair Bolsonaro (PSL). A postagem foi realizada pelo jogador Alan Patrick, que joga no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Em sua postagem, o jogador afirmou que o Brasil necessita de um candidato que solucione os principais problemas do país e que não nos ensine apenas valores, pois isso a população precisa aprender em casa e na escola.

De acordo com a postagem de Alan Patrick, é possível ver a camiseta da seleção brasileira com o número 17, mesmo número do partido de Jair Bolsonaro.

Após curtir a publicação, alguns fãs de Neymar acabaram decepcionados com o ídolo, alguns chegaram a sugerir que ele teria uma aliança com Bolsonaro.

Em seu comentário, um internauta disse que Neymar tirou o ano de 2018 para lhe decepcionar duas vezes, uma na Copa do Mundo, e a outra nas eleições presidenciais. No entanto, alguns apoiadores de Bolsonaro aproveitaram a ocasião para elogiar o craque da Seleção Brasileira.

Publicidade

Namorado de Fátima Bernardes é eleito Deputado Federal

Em sua primeira candidatura ao Congresso Nacional, Túlio Gadêlha, namorado da apresentadora Fátima Bernardes, da Rede Globo, foi eleito Deputado Federal pelo PDT de Pernambuco. Na ocasião, Gadêlha comemorou o novo cargo ao lado de amigos e de parcela significativa do seu partido.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo