Alexandre Frota tem aparecido ao longo dos últimos anos na mídia nacional pelas suas opiniões ácidas em relação ao que ou quem discorda e pela legião de desafetos que acabou conquistando com isso.

Entretanto, agora até mesmo pessoas do próprio sangue de Frota têm se voltado contra ele. É o caso, por exemplo, de Mayã Frota, filho de Alexandre, que na última semana rasgou o verbo falando de alguns “podres” do famoso, o que rendeu Fofocas inúmeras para os alcoviteiros de plantão.

Publicidade
Publicidade

Tanto é assim que a Justiça brasileira acatou os pedidos feitos pelos representantes legais de Mayã contra o pai e agora deputado federal por São Paulo, Alexandre Frota, o qual, diga-se de passagem, está com o nome negativado, o que lhe impede de realizar uma porção de transações comerciais e financeiras..

Dívida confessa de pensão alimentícia

A situação para Frota realmente não anda muito boa, ainda mais que Renta Bittar, diretora da 4ª vara de Família de Brasília, se baseou nos trâmites do processo que Mayã move contra Frota em função da dívida de pensão alimentícia.

Alexandre Frota vê o seu nome ser negativado por dever pensão alimentícia
Alexandre Frota vê o seu nome ser negativado por dever pensão alimentícia

Na próxima segunda-feira (15) inclusive será estabelecida a solicitação de prisão do ex-ator pornô.

Alexandre pagou no dia 10 deste mês o valor de R$ 42.418,39 como parte da pensão devida a Mayã, querendo ainda um acordo para parcelamento do débito, o que foi recusado de pronto pelos advogados do rapaz.

Alexandre Frota será processado criminalmente

Mayã resolveu se manifestar e Alexandre Frota contra-atacou o rapaz. Foi o que bastou para que a mãe dele resolvesse de uma vez por todas entrar com um processo contra Alexandre nas varas cível e criminal.

Publicidade

Alexandre poderá ser enquadrado nos crimes de difamação, entre outros, uma vez que o agora deputado federal, apoiador do candidato a presidente Jair Bolsonaro, publicou no seu perfil oficial do Facebook afirmando que ele fez sexo e consumiu drogas com Samantha em um hotel do Distrito Federal, ocasionando a gravidez da menina.

Samantha Gondim vem a público e conta sua versão

Na última quinta-feira (11), Samantha Godim, por meio de uma nota à imprensa, falou sobre a sua relação de outrora com Alexandre Frota, tendo como porta-voz Juliana Porcaro, sua advogada.

A nota de Samantha dizia que ela tinha 16 anos na época e Frota estava com 36 (o casal tinha 20 anos de diferença de idade). Segundo as informações, ambos tiveram um relacionamento e Mayã não foi fruto somente de uma noitada regada a drogas e muito sexo, mas sim, de uma relação bem mais longa e duradoura.

A advogada da mãe do rapaz lembrou que Frota tem o hábito recorrente de ofender diversas pessoas nas suas redes sociais em geral, todavia, Samantha, sua cliente, nunca tinha pensado em vir nos últimos 19 anos em público com o único objetivo de manchar a imagem de Alexandre Frota, mesmo ele devendo alimentos ao filho.

Publicidade

A defensora lançou o seu repúdio aos linchamentos virtuais promovidos cotidianamente por Frota em relação a sua cliente, que é mulher, que por ironia a classe feminina é a qual Alexandre Frota se diz um fiel guardião.

Leia tudo e assista ao vídeo