Na manhã desta terça-feira (16), morreu um dos maiores comunicadores do Brasil, Gil Gomes estava lutando contra um câncer no fígado. O jornalista morreu aos 78 anos de idade e deixa uma legião de fãs, amigos e admiradores, pois seu trabalho serve até hoje de inspiração para vários profissionais da área. Enfrentando várias complicações de saúde nos últimos dias, Gil Gomes só recebia visita dos familiares mais próximos.

Uma das últimas aparições do comunicador foi na Record, no programa 'Domingo Show'.

Publicidade

Gil Gomes também sofria com mal de Parkinson desde 2005, porém, o jornalista vinha lutando para ter uma vida normal, dentro do possível. Em 2016 ele contou que sofreu muito durante os anos que ficou esquecido, sem trabalhar.

"Sou chorão e quando choro, eu me revolto", disse ele, revelando que ficou sentando na poltrona esperando a morte chegar, até que resolveu voltar à ativa e estava se sentindo feliz novamente. Esta declaração foi dada à RedeTV, para o programa 'Sensacional'.

Curiosidades sobre a vida de Raul Gil

Durante o tempo que trabalhava como jornalista policial no rádio, chegou a ser preso várias vezes, pois, na época do regime militar, contou ele, assim que terminava seu programa, entrava na viatura da Polícia Federal.

Gil Gomes contou que a sorte dele era ser amigo de Romeu Tuma e por isso conseguia sair.

Uma vez perguntaram ao jornalista qual foi o momento em que ele mais teve medo na vida, já que trabalhava na área policial e conhecia todos os tipos de marginais. Ele contou então que um dia recebeu um telegrama informando que tinha apenas mais 30 dias de vida. Gil Gomes resolveu ignorar aquilo, achou que seria alguém blefando, só que no outro dia recebeu outro telegrama, desta vez informando que tinha só mais 29 dias de vida.

Publicidade

E assim, dia após dia, chegavam telegramas fazendo a contagem regressiva e ele foi ficando com muito medo. Quando estavam faltando 12 dias para saber o que aconteceria, alguém matou seu gato envenenado, e, a partir daí, os bilhetes pararam de chegar, para seu alívio, pois apesar de ficar triste pelo seu animalzinho de estimação, sentiu-se aliviado.

O jornalista estava em casa, quando passou mal e foi levado para o hospital, já inconsciente. Os médicos fizeram de tudo, mas infelizmente o jornalista não resistiu e faleceu.

A família ainda não informou o horário de velório e nem a data do enterro. Nas redes sociais, fãs, amigos e famosos lamentam a morte de Gil Gomes.