O ator, apresentador e humorista Marcelo Adnet participou de uma entrevista no Conversa com Bial, da Rede Globo, nesta quarta-feira (10), e relatou que vive muito preocupado com tantas ofensas e ameaças que tem recebido. Ao entrar no palco, ele falou que sente surpreso ao receber os aplausos, pois, na maioria das vezes, os ataques são constantes.

Durante a entrevista, Adnet disse que em razão de várias fake news chegou a ser ameaçado nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

Segundo seus dizeres, hoje a vida do comediante não está nada fácil. Qualquer brincadeira com políticos, por exemplo, ele já é atacado e xingado. "É um clima muito ruim para a democracia", afirmou. O comediante chegou a citar um tipo de "terrorismo diário" para explicar a situação que o humorista vive atualmente.

Na conversa com o jornalista, Adnet imitou os candidatos à Presidência e chegou a revelar que sua empresária não queria que ele participasse do programa global para evitar esse clima quente que envolve as pessoas em decorrência da política.

Publicidade

Marcelo Adnet afirmou que decidiu imitar os políticos de cara limpa e não se apoiar na caracterização. Ele citou que por trás dessa imitação, tem um trabalho investigativo. Ele junta várias frases de um candidato, ouve bastante a voz deles e tentar buscar palavras polêmicas que cada um falou.

Ele falou que usa o seguinte método: se tranca em uma sala e vai anotando o que eles falam, vícios de linguagem e tudo que é relevante para o quadro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Informação

Adnet percebeu que, com esse trabalho, ajudou muitas pessoas a terem mais informações dos seus candidatos. O ator disse que até ele mesmo conseguiu aprender coisas de cada um que não sabia. Isso não deixa de ser uma reflexão sobre um tema muito importante que envolve os brasileiros.

Adnet avisou que vai continuar imitando os políticos. Agora o foco será no segundo turno. Ele vai preparar novos vídeos com suas imitações.

Segundo Adnet, vai ser gravado um teaser com participações especiais como, por exemplo, do presidente Michel Temer.

Conselho recebido

De acordo com ele, muitas pessoas sugeriram que ele não fizesse as imitações, pois várias pessoas poderiam se sentir ofendidas. Mas ele vê isso como apenas uma brincadeira e foi adiante. Algumas preocupações surgem e falaram que ele ia mexer com gente barra pesada, pessoas que mandam matar.

Porém, ele falou que isso não é nem dos candidatos, mas do sistema agressivo como um todo.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo