Por intermédio de suas mídias sociais, o ator Marcelo Serrado, que atuou no filme Polícia Federal - A Lei É para Todos, surpreendeu grande parte de seus seguidores nos últimos dias ao declarar apoio ao petista Fernando Haddad no 2º turno do pleito à Presidência da República do Brasil. Isso porque parte do público esperava uma posição antipetista, dado o seu apoio ao impeachment de Dilma em 2016. Contrapondo-se, o ator alegou sempre ter votado na esquerda, no 1º turno ele apoiou abertamente a candidata da Rede, Marina Silva.

Publicidade
Publicidade

Conhecido por ter interpretado o juiz Sergio Moro nos cinemas, no filme que retrata a megaoperação policial anticorrupção, Marcelo Serrado assegurou seu apoio ao petista, mesmo não sendo publicamente um apoiador do PT (Partido dos Trabalhadores).

Em endosso a um post da atriz Patricia Pillar na mídia social do Instagram que mostra solidariedade aos amigos antipetistas, que supostamente votarão no petista Fernando Haddad, Serrado respondeu positivamente: "Sim! Vamos juntos".

Publicidade

Marcelo Serrado surpreende seguidora: 'Sempre votei na esquerda'

Questionado se era de direita por uma seguidora sua, o ator negou, alegando o contrário, denotando intrinsecamente que prefere o "outro" lado ao invés do "facismo", sugerindo, assim, um rótulo dado a Jair Bolsonaro pela própria esquerda, devido aos posicionamentos firmes e reacionários que mantém.

Nesta terça-feira (15), a reportagem da Folha Press disse ter entrado em contato com a assessoria do ator para saber mais sobre as declarações do mesmo, estranhamente, a equipe do mesmo ressaltou que Marcelo Serrado "não irá falar sobre política".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Eleições PT

Contradições: assessoria de Marcelo Serrado nega autoria de imagem e contradiz post de José de Abreu

As estranhezas que circundam Marcelo não param por aí. A Folha também apurou uma imagem que circula pela web na qual é reproduzido um suposto post do ator, no entanto, o mesmo não foi localizado no perfil de Serrado. No suposto texto da mensagem que circula na internet, o ator diz não ser petista, mas afirma ter certeza que o 'ódio' não o representa, em paralelo, sugeriu que irá de "Hamor".

A tal declaração relacionada acima que circula na internet foi replicada no fim de semana na conta do Twitter de José de Abreu, também ator e afinco apoiador e defensor do Partido dos Trabalhadores, o PT, no entanto a assessoria de Serrado negou que o mesmo tenha postado isso.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo