Considerada um dos grandes nomes da ópera no século 20, morreu neste sábado (6), a soprano espanhola Montserrat Caballé aos 85 anos. Ela estava internada em um hospital de Barcelona e seus familiares optaram por não divulgar a causa da morte. O velório será realizado a partir das 14 horas deste domingo (7) e o funeral será na segunda-feira (8).

“Uma grande embaixadora do nosso país morreu”, escreveu o primeiro ministro espanhol, Pedro Sánchez, em sua conta no Twitter.

Publicidade
Publicidade

O Rei da Espanha, Felipe 6º, também manifestou suas condolências. Ele a classificou como “uma lenda da cultura universal” e também a “melhor das melhores”.

Caballé fez mais de 4 mil apresentações em 90 papéis diferentes, interpretado obras de consagrados compositores, como Gaetano Donizetti e Vincenzo Bellini. Ela chegou a ficar afastada por dez anos do palco devido à problemas de saúde, retornando suas apresentações em 2002, que desde então tornaram-se esporádicas.

Publicidade

Durante uma apresentação na Rússia, em outubro de 2012, ela sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e ai cair inconsciente, acabou fraturando o úmero. Em uma entrevista dada em 2006, a soprano havia relevado que tinha um tumor benigno na cabeça desde a década de 80. Na época, revelou ela, os médicos haviam lhe dado no máximo três anos de vida.

Em 1991, a soprano recebeu o prêmio um Grammy e o Príncipe das Astúrias das Artes, que é a mais alta distinção na Espanha.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Música Mundo

Tendo estreado profissionalmente em 1956 e tendo se apresentado ao lado de grandes nomes de sua época, ela rejeitou qualquer tipo de rótulo.

Em entrevista ao jornal El País, em 2014, ela disse que não se considerava uma lenda e nem a última diva, conforme vinha sendo colocada nos jornais. Ela disse que apenas procurou executar bem seu trabalho, no mais alto nível.

Ela também teve problemas com o fisco espanhol, sendo condenada a seis meses de prisão por sonegação fiscal e para teve que pagar multa de 250 mil euros.

Posteriormente, a artista devolveu o dinheiro devido.

Desde 1964, Caballé era casada como tenor Bernabe Marti, com quem teve dois filhos, Bernabe Marti Jr e Montserrat Marti, que seguiu os passos da mãe, também se tornando cantora lírica.

Dueto com Freddie Mercury

No Mundo pop, Montserrat Caballé ficou ainda mais conhecida, agora do grande público após se apresentar ao lado do vocalizadas do Queen, Freddie Mercury. A Música “Barcelona”, de 1987, fez tanto sucesso que virou tema da abertura das Olimpíadas de 1992, na cidade homônima, ocorrida poucos meses após a morte do cantor.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo