A cantora Ludmilla resolveu abandonar as madeixas quimicamente lisas e adotar a tendência dos cachos naturais, mas para isso a beldade teve que passar por um processo de transição capilar, que cada vez mais está conquistando adeptos que procuram uma forma de abandonar a química e ter o uso moderado de secadores e chapinhas, para viver com os fios mais saudáveis.

Em suas redes sociais, a funkeira postou uma imagem em que ela já aparece com os fios bem curtos, porém naturais. Ela afirmou que precisa ter paciência e que espera ansiosamente para os seus cabelos ficarem como ela deseja: "Tô amando ver o crescimento do meu cabelo. Não vejo a hora dele estar do jeitinho que eu quero para usá-lo", disse a cantora no Twitter.

Publicidade

Quais as etapas da transição capilar

A primeira etapa é parar de vez com o uso da química.

Já a segunda etapa, o processo começa a exigir mais paciência da pessoa que sofre com a transição, pois os fios começam a crescer e a mudar de texturas. No entanto, esta fase exige muita hidratação, porque a raiz fica maior, mais cheia e precisará então restabelecer a água das madeixas.

Para superar esse segundo passo, a ideia é fazer escova nos fios em casa ou no salão, para disfarçar a raiz que está crescendo. Além disso, esse tipo de fio exige um cuidado diferenciado, as pontas também costumam ficarem ressecadas e para garantir um cabelo montadinho é usar o beach wave, um produto pós progressiva ou os ativadores de cachos.

A terceira fase seria cortar os cabelos para retirar uma parte da progressiva, relaxamento ou selagem, de preferência bem curto, como fez Ludmilla.

Reaver os cabelos naturais é uma libertação, mas o processo é um pouco demorado, e o crescimento depende de Mulher para mulher. De acordo com especialistas os fios crescem cerca de 10 a 12 centímetros por ano.

Publicidade

Como cuidar bem dos cachos?

Manter fios hidratados, brilhantes e sedosos em cabelos com cachos e ondulados, não é fácil, exige uma atenção especial e produtos de qualidade.

Os ativadores de cachos que não precisam enxaguar, prometem deixar o cabelos arrumados e elegantes, porém nem todo cacho é igual ao outro e para saber o ideal para cada tipo de cabelo, é importante pesquisar antes de comprar. Produtos não fazem milagre sozinhos, é necessário também associar com uma boa alimentação.

O importante, primeiramente, é descobrir o tipo de curvatura que o cabelo apresenta, já que cada fio apresenta um tipo de modelo de cacho e estrutura, uns mais finos outros mais grossos, uns mais ondulados, outros mais crespos, soltos e também mais embolados.

E é fundamental fazer bom uso de produtos para garantir um visual saudável.