Segunda-feira (22) era mais um normal de trabalho para a repórter da Globo Veruska Donato. Ela sobrevoava regiões de São Paulo para fazer inserções ao vivo dentro do “Bom dia São Paulo”, exibido pela emissora no início da manhã.

Tudo caminhava normal quando a equipe levou um grande susto. O helicóptero em que a repórter voava ao lado do cinegrafista José Afonso apresentou uma falha mecânica que levou pânico à jornalista.

Publicidade
Publicidade

A porta do lado esquerdo se abriu e isso fez com que a aeronave se desestabilizasse. O helicóptero passou a chacoalhar bastante. Segundo o site Notícias da TV, jornalistas da Globo afirmaram que Veruska entrou em pânico.

O caso aconteceu nesta segunda-feira pouco depois das 6h, quando a repórter já havia feito sua primeira participação ao vivo no "Bom Dia São Paulo". A situação de pânico aconteceu quando a porta do lado do piloto se abriu.

Publicidade

Cinegrafista tem seu dia de herói

O piloto do helicóptero, obviamente, estava preso ao cinto de segurança. Com uma das mãos ele pilotava e com a outra tentou fechar a porta. Sem sucesso. Posicionada no banco de trás, Veruska tentou fechar a porta, mas também não conseguiu. Com a porta aberta, o helicóptero estava balançando muito. Neste momento, José Afonso teve seu dia de herói.

Ele deixou seu assento, ao lado do piloto, e passou para o banco de trás.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

De lá, ele conseguiu travar a porta e evitar que o pior acontecesse. Todo o pânico foi controlado o Globocop seguiu no ar.

Depois do ocorrido, a repórter Veruska Donato seguiu normalmente. De acordo com o Notícias da TV, ela demonstrou nervosismo apenas na penúltima entrada ao vivo.

Problema aconteceu outras vezes

De acordo com profissionais da emissora, essa não foi a primeira vez que o Globocop apresentou problemas e suas portas abriram no ar.

Mas foi a primeira vez em que havia repórter na aeronave.

Em nota, a Rede Globo confirmou o ocorrido já que as imagens não foram ao ar e profissionais da emissora se reuniram para saber o que pode ser feito para evitar que os problemas fossem evitados.

No começo deste ano, o Globocop da Globo de Recife caiu e três pessoas morreram. No dia seguinte, o helicóptero de um empresa que prestava serviços à Rede TV!

Publicidade

também se envolveu em um acidente.

Sem ninguém a bordo, o helicóptero despencou do heliponto e atingiu carros de funcionários da emissora. Quem levou susto grande também foi Monalisa Perrone, hoje apresentadora do "Hora 1".

Em 2012, ela sobrevoava a represa Billings, na zona sul de São Paulo, quando o piloto do helicóptero passou mal. O profissional conseguiu manter o controle da aeronave e retornou à emissora.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo