Mãe de Melinda e Teodoro, frutos do relacionamento com o cantor Michel Teló, Thaís Fersoza [VIDEO] passou por instantes de muita ansiedade e nervosismo na manhã desta última segunda-feira, 8 de outubro. Tudo porque teve que levar os filhos, de 2 e 1 ano, para atualizar o calendário de vacinação. Muito ativa nas redes sociais, onde frequentemente posta em sua conta no Instagram (@tatafersoza) e no canal próprio do YouTube (Tatá Fersoza), a estrela revelou que, apesar de ter consciência de que a vacinação é algo super importante e fundamental para manter a saúde dos filhos em dia, sempre fica tensa e chateada quando este momento chega.

Publicidade
Publicidade

"Vou confessar para vocês que, na verdade, quem fica mais chateada sou eu. Não abro mão de segurar no meu colinho enquanto tomam a vacina, mas, cara, o coração fica apertado. Dá uma dozinha", relatou.

Após deixar a clínica de vacinação junto com as crianças e o marido, a estrela filmou, horas depois, as crianças sentadas tranquilas no sofá da sala, assistindo televisão. "Agora é hora de ficar quietinho, olha aqui a carinha dos dois pequeninos. Tá tudo bem! A gente está assistindo a um desenho para poder esquecer, relaxar, ficar tranquilos", descreveu Thaís.

Publicidade

Ao fundo, Michel Teló confirmou o bem-estar das crianças com um bem-humorado: "Tá tudo bem!"

Calendário de vacinação infantil 2018

Importante para manter a saúde de crianças e bebês em ordem, principalmente porque o sistema imunológico dos pequenos ainda está em formação, a vacinação deve ser acompanhada de perto pelos pais. Por isso, para garantir que a proteção seja eficaz e segura, o calendário vacinal está em constante estado de mudança.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Em 2018, por exemplo, as mudanças giraram em torno das vacinas de febre amarela, varicela e meningocócica C. De acordo com o Programa Nacional de Imunizações (PNI), divulgado pelo Ministério da Saúde, a vacina contra a febre amarela, doença bastante divulgada em meados de 2017, passa agora a integrar o calendário de vacinação de crianças residentes dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Bahia e Rio Grande do Sul a partir dos 9 meses de vida.

Já a vacina que protege contra o vírus da varicela ganha uma proteção adicional, que passa a ser dada entre os 4 e 6 anos de idade. A primeira dose dessa vacina é disponibilizada para os pequenos aos 15 meses.

Por fim, a meningocócica C já é dada na fase da pré-adolescência, entre os 11 e 14 anos. Nessa fase, será dada ou um reforço (caso a criança já tenha tomado) ou uma dose única. "Acho superimportante dar (as vacinas)", ressaltou Thaís, nas redes sociais.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo