O final da novela Segundo Sol, exibida na Rede Globo, reserva fortes surpresas e emoções e promete surpreender o público. Ao contrário das especulações em que Karola (Deborah Secco) terminaria a trama feliz ao lado de Remy (Vladimir Brichta), e Laureta (Adriana Esteves) iria fugir da justiça, as vilãs vão se darão muito mal no último capítulo.

Segundo informações de Patrícia Kogut, jornalista do Jornal O Globo, Laureta irá sequestrar o filho de Rosa (Letícia Colin) e contará com a ajuda da filha, igual fizeram com Luzia (Giovanna Antonelli) no passado. Escondidas em uma praia no interior da Bahia, Severo (Odilon Wagner) vai descobrir o esconderijo das criminosas.

Publicidade
Publicidade

Karola descobre que é filha de Laureta

Antes de tudo isso acontecer, Karola vai descobrir que é filha de Laureta e ficará transtornada diante de toda revelação. Quando ouvir Dulce (Renata Sorrah) lhe chamar de netinha, a ex-garota de programa vai novamente ao orfanato em que cresceu buscar informações sobre sua mãe, após colher provas, ela finalmente se dá conta que sua mãe é a cafetina que lhe prostituiu desde a adolescência e ainda fez ter um caso com o próprio tio.

Morte de Karola

Se os roteiros divulgados para a imprensa forem verdadeiros, Laureta ficará revoltada com a visita do pai de Karola e tomará uma atitude drástica, vai atirar no ex-amante, chocada com toda a situação, Karola se joga na frente e acaba morrendo.

Laureta na prisão

A polícia chega ao local e encontra Karola morta, daí em diante não tem mais escapatória para Laureta, a vilã será presa. Mas, a vilã ainda vai conseguir algumas regalias na prisão.

Segundo Sol chega ao fim no dia 09 de novembro.

Publicidade

O Sétimo Guardião

Escrita por Aguinaldo Silva, O Sétimo Guardião é a próxima novela do horário nobre e marca a volta do realismo fantástico na faixa, com Marina Ruy Barbosa, Bruno Gagliasso, Eduardo Moscovis e Lilia Cabral nos papéis principais, a trama gira em torno de grandes segredos, mistérios e alguns poderes sobrenaturais em torno dos personagens da fictícia Serro Azul.

A trama marca o retorno de Aguinaldo Silva ao estilo que consagrou o autor no horário nobre, onde emplacou grandes sucessos como Tieta, Pedra Sobre Pedra, A Indomada e Roque Santeiro (em parceria com Dias Gomes).

Antes mesmo da estreia, a trama vem causando uma grande polêmica, pois o autor escreveu a sinopse do folhetim em parceria com 20 alunos de sua escola, porém, os mesmos atualmente estão na justiça exigindo seus direitos para receberem os devidos créditos na abertura. A Globo até o momento ainda não se manifestou.

Leia tudo