A família Athayde passará por momentos de tensão na reta final de Segundo Sol após terem a mansão onde moram invadida por bandidos fortemente armados. No local, os criminosos farão todos de reféns e tocarão o verdadeiro terror na residência dos membros da família de Roberval (Fabrício Boliveira). O milionário ainda será levado como refém quando os ladrões decidirem abrir fuga ao verem o cerco policial se fechar em torno da mansão. Durante a fuga, o milionário sofrerá um acidente junto com os bandidos e será levado ao hospital em estado grave.

Publicidade

Família Athayde é feita refém

Na reta final de Segundo Sol, os Athayde serão surpreendidos com a invasão de marginais na mansão onde vivem. Aparentemente transtornados, os bandidos amarrarão toda a família e usarão dos luxos da residência de Roberval que tentará salvar os familiares ao ser o último a chegar no local e notar a presença dos bandidos.

O empresário tentará ludibriar os ladrões mas será descoberto e passará por um momento de extrema tensão ao ser obrigado por um dos bandidos a atirar contra Severo (Odilon Wagner).

Com a arma em mãos e apontada para o pai, o empresário não será capaz de puxar o gatilho e os dois acabarão se perdoando após uma emocionante cena em que Severo chegará a chamar Roberval de filho pela primeira vez.

Irados com a desistência do empresário de diamantes, os marginais manterão todos amarrados e subirão ao segundo andar da mansão para continuar a revista por bens preciosos. Rochelle (Giovanna Lancelotti) será a única que permanecerá sem as amarras por estar debilitada em uma cadeira de rodas e mesmo assim tentará ajudar os familiares após muito esforço, levantar e tentar alcançar a arma que um dos ladrões deixou sobre uma mesa.

Publicidade

A polícia cerca o local, Roberval é levado como refém e pode acabar morrendo

Rochelle conseguirá pegar a arma e quando estiver a ponto de entregar ao pai, um policial invadirá o local tranquilizando os familiares, porém o militar será golpeado na cabeça por um dos bandidos que decidirá levar Roberval como refém para fugir com seus comparsas do local.

A mansão estará cercada, porém o delegado permitirá a fuga para que a família possa ser salva. Os bandidos deixarão o local em alta velocidade, totalmente transtornados e serão perseguidos por uma viatura.

Em zigue-zague, devido ao estado dos criminosos, o carro terá um dos pneus traseiros atingido por tiros disparados pelos policiais e acabará capotando na estrada. O bandido que conduzirá o veículo morrerá na hora, enquanto Roberval será levado ao hospital em estado grave, correndo o risco de morrer.

A sequência está prevista para acontecer no dia 27 de outubro em Segundo Sol.