Remy, o personagem de Vladimir Brichta não morreu e, em breve, mostrará que está com sangue nos olhos para se vingar de seus inimigos. O engraçado é que ele deve se unir à Karola (Deborah Secco) e ela foi uma das mais prejudicadas quando ele sumiu, já que ela foi roubada pelo vilão e não foi pouco dinheiro não. Foram R$ 7,5 milhões que o fizeram viver uma vida de rico, desde que voltou em 'Segundo Sol'.

Vilões se unem para ocultarem seus crimes em 'Segundo Sol'

Mas os inimigos estão 'lá fora' e bem identificados.

Publicidade

São Beto Falcão (Emilio Dantas) e Luzia (Giovanna Antonelli), além de quem mais se aproximar dos dois. Talvez você ainda não tenha entendido a necessidade da união dos três, mas não é muito difícil de entender. Remy cometeu vários crimes e ainda responde por tráfico de drogas. Além disto, simulou a própria morte e está vivendo sobre outra identidade. Assim sendo, é um criminoso perante a lei.

Já Laureta, tem muito a perder se Remy não se unir a ela. Ele alegará que não sabia da trama sobre sua morte e pode complicar a vida da cafetina.

Além disto, ela também estará complicada pela morte de Du Love, um garoto de programa, e do próprio Galdino, que faleceu com o 'beijo da morte' nesta terça (2). Já Karola roubou Beto, se envolveu em outras situações ilegais e ainda é escrachada pela opinião pública. Por fim, o crime que une todos os três. Todos eles estão envolvidos no rapto e armação de Valentim. Aliás, este será o grande mote da união dos vilões.

Karola se une a Remy a princípio para destruir Karola

A princípio, porém, Karola vai ficar contra a cafetina e ao lado do amante.

Publicidade

Ela vai acusar a amiga de ocultar a morte de Remy, fazendo-a sofrer por muito tempo. Já o filho de Nestor e Naná, revela que nunca participou do plano de Laureta sobre sua morte "Ela não pode nem imaginar que vim lhe procurar, ou é capaz de me matar de verdade", afirma o vilão que buscará uma aliança com a mãe postiça de Valentim contra a dona do bordel.

Entretanto, Laureta descobre o plano dos dois e propõe uma união maligna do trio para o final da novela. Ela apelará para o lado sentimental dos dois, dizendo que eles são uma família o que, via de regra, ao menos ela e Remy são mesmo, já que eles são irmãos.

As cenas irão ao ar no final da novela e a união dos vilões deve mesmo colocar em risco a vida dos inimigos. Dentre os planos de vingança, até a morte de Valentim eles chegarão a planejar.

Mais notícias de Segundo Sol

Segundo Sol, resumo de 8 a 13 de outubro: Rosa revela segredo do passado de Valentim

Segundo Sol: ao coro de 'mata o papai', Roberval tem redenção e muda a história

Morte de Galdino em Segundo Sol: vilão escreveu 'carta maldita' revelando segredos