A atriz Jeniffer Oliveira se pronunciu nesta terça-feira (13) pela primeira vez após a Justiça declarar seu ex-namorado, o ator Douglas Sampaio, inocente da acusação de agressão registrada por ela no final do último mês de junho.

A moça fez um longo desabafo em seu Instagram sobre o ocorrido, como você pode conferir abaixo:

A atriz, que viveu a personagem Flora, em Malhação, da Rede Globo, manteve a acusação que havia sido feita e afirmou: "resolvi me pronunciar porque acho importante não abaixar a cabeça num momento como esse", e pede que entendam o fato dela escolher ficar em silêncio daqui para frente.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

A moça ainda afirma que nunca inventaria uma acusação como a que fez e que, ainda que a Justiça tenha decidido a inocência do acusado por falta provas suficientes para a condenação, seguirá com o caso para as instâncias superiores.

Em sua declaração, muitos estão a favor da moça, acreditando em sua versão, e outros teceram muitos comentários negativos sobre a atitude da moça, ao supostamente inventar a agressão para prejudicar o ex-namorado.

O caso

No final de junho, em entrevista ao UOL, Jennifer relatou que fora agredida pelo então namorado, o ator Douglas Sampaio.

À época, várias atrizes, artistas e anônimos se manifestaram em favor da moça [VIDEO].

O acusado negou o fato [VIDEO] e em entrevista ao canal da atriz e apresentadora Antonia Fontenelle disse que imagens de câmeras mostravam que a ex-namorada havia bebido demais e arrumado confusão com um homem e depois com uma mulher, sendo acompanhada até a saída por uma das seguranças do local.

Segundo ele, depois do ocorrido trocaram algumas mensagens e a moça adentrou com a queixa de agressão.

Segundo o ator, ele teve vários prejuízos porque personagens famosas compraram "o barulho" da ex e ele ficou, mesmo antes de ser julgado, com o rótulo de agressor, o que lhe teria feito mal emocionalmente e também profissionalmente.

O ator agradeceu à Justiça pela decisão de inocentá-lo. Cenas do vídeo de vigilância do local corroboram a versão de Douglas, que disse que, por conta de todos os prejuízos que teve, vai processar a moça por calúnia e difamação.

A polícia pediu o indiciamento da atriz por denunciação caluniosa, que, se comprovada, pode acarretar sérios problemas para a joveme para a testemunha Ingrid Spada, que depôs em seu favor.