No último domingo (18), o programa Fantástico, da Rede Globo, exibiu uma reportagem em que a atriz Cristiane Machado denunciava as agressões sofridas pelo marido, Sérgio Thompson-Flores. Temendo pela própria vida, ela decidiu esconder câmeras no quarto do casal e gravar as agressões, que foram exibidas no dominical. Agora, com medo de que algo possa acontecer com seus pais, ela pede proteção policial. O homem, que teve decretada sua prisão preventiva no último dia 31 de outubro, está foragido.

“Estou com muito medo.

Publicidade

Estou me sentindo totalmente coagida”, disse a atriz, que revelou ainda que seu advogado está buscando proteção policial. Cristiane esteve nesta quarta-feira (21), na Delegacia da Mulher, para prestar novas queixas contra o marido. Ela o acusa de ter destruído joias, objetos, roupas e um HD onde estava registrada toda sua vida de atriz. Essa destruição ocorreu antes dela prestar a primeira queixa, e os advogados da atriz buscam reforçar junto à Justiça a agressividade do acusado.

Por ser um homem bem relacionado e com muito poder, de acordo com a atriz, ela teme que ele a coloque em mais situação de perigo.

Em um trecho das gravações exibidas no domingo, Thompson aparece tentando enformar a mulher com um fio de carregador de celular.

Ela acredita ainda que o homem ainda esteja no Rio de Janeiro, o que a faz ficar com ainda mais medo. “Enquanto ele não for preso, eu fico em pânico”, disse a atriz, que tem evitado ficar sozinha e nunca fica muito tempo no mesmo lugar. “Estou fazendo revezamento de lugares onde eu fico”, falou.

Caso corriqueiro

Cristiane contou também que após a reportagem exibida pelo Fantástico tem recebido apoio de outras mulheres, que revelaram que seu marido já havia agredido outras pessoas.

Publicidade

“Ficou claro que isso já é uma coisa recorrente”, disse a atriz, sem dar mais detalhes sobre o que essas outras mulheres lhe falaram e que ainda não há como provar.

O que diz a defesa do acusado

No domingo, o programa da Globo também exibiu uma nota emitida pelos advogados de defesa de Sérgio Thompson-Flores em que negava as acusações e ainda tentava desqualificar o vídeo feito pela atriz, afirmando que as cenas foram editadas e que ela foi quem provocou a situação que causou as agressões. Eles ainda disseram que o mandato de prisão por descumprimento de medida protetiva é ilegal, uma vez que nos meses de setembro e outubro o casal viveu em harmonia.