A família real aproveitou a passagem da Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, no Museu Imperial da Guerra, para entregar cartas contendo informações de parentes que participaram da Primeira Guerra Mundial.

A visita da Duquesa ao museu se deve ao fato da proximidade do Dia do Armistício, na data de 11 de novembro, na qual também é comemorado o fim da Primeira Guerra Mundial.

Em visita ao Museu de Londres, Kate, recebeu cartas com algumas informações reveladoras sobre o passado de alguns dos seus parentes.

Publicidade
Publicidade

De acordo com as cartas, a bisavó Olive e seus irmãos (Francis, Maurice e Lionel) tiveram papéis fundamentais durante a Primeira Guerra Mundial. Ao ler a carta, Kate, descobriu que sua bisavó foi uma enfermeira e seus tios bisavós foram combatentes.

Sua bisavó conseguiu sobreviver à guerra, e, em seguida, casou-se com Lieutenant Richard Noel Middleton e tiveram um filho com nome de Peter, o avô de Kate.

Vale ressaltar que o avô de Kate participou da Segunda Guerra Mundial como piloto da Força Aérea Real Britânica.

Os três irmãos de sua bisavó Olive (Francis, Lionel e Maurice) não tiveram a mesma sorte e morreram durante o combate na primeira guerra mundial.

  • Francis morreu em 1917 (31 anos)
  • Lionel morreu em 1916 (24 anos)
  • Maurice morreu em 1915 (28 anos)

Kate teve a oportunidade de ler uma carta de Maurice (morto em 1915), deixada ao pai em que dizia precisar de luzes noturnas e lápis, e, também descreve, a descoberta de projéteis não detonados.

A carta dizia:

“Encontramos dois projéteis não detonados aqui; um que enterramos e outro Lionel disse que poderia encontrar um proprietário e que valeria a pena mantê-lo.

Publicidade

Ambos os lados evitam colocar a cabeça sobre o parapeito durante o dia.

Lionel esteve aqui um dia antes de ontem por um tempo e eu o vi duas ou três vezes nos últimos dias.”

Kate também mostrou um telegrama do tenente Richard Noel Middleton (marido de sua bisavó), em 26 de março de 1917, anunciando que o corpo do Major Francis Lupton, o tio avô de Kate, havia sido encontrado.

Além de se reunir com historiadores, a Duquesa Kate, também se reuniu com curadores e companheiros descendentes de um soldado da Primeira Guerra Mundial.

Ela recebeu também uma carta de condolências da Guardiã da Bolsa Privada no Palácio de Buckingham para seus parentes.

“Eu sou comandado por Rei George 5° para transmitir a você o profundo sentimento de solidariedade de sua majestade, no novo luto, que aconteceu com você pela morte na batalha de seu galante filho Major FA Lupton”, diz a carta.

Essas foram algumas das cartas do passado dos familiares de Kate, vistas por ela, que estão muito bem guardadas no Museu Imperial da Guerra, localizado em Londres.

Publicidade

Leia tudo