O apresentador Fausto Silva, o Faustão, acabou não aparecendo na tradicional vinheta de fim de ano da Rede Globo. O canal não incluiu ele na vinheta de fim de ano da emissora em um vídeo que foi gravado e lançado no Fantástico, neste domingo (25). Segundo as informações, um dos motivos da suposta rejeição ao apresentador pode ser as declarações dele, no começo desse ano, contrárias à vinheta.

"Eu não aguento cantar mais 'hoje é um novo dia...'", disse ele.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o apresentador, ele falou que não tinha novo dia, pois há 30 anos sempre é a mesma coisa. As críticas de Faustão aconteceram durante uma conversa com o jurado da Dança dos Famosos, Mário Sérgio Cortella.

O apresentador também havia dito que, durante a Copa do Mundo, o torcedor se abraça, se fantasia de verde e amarelo, mas quando é pra votar, não presta atenção no candidato. Foi uma crítica dele contra a política. Segundo o apresentador, o Brasil está ao Deus há muito tempo, e ressaltou que, na Globo, ele não mais cantaria essa vinheta.

Publicidade

Veja o vídeo da vinheta, onde Faustão ficou de fora:

Críticas do apresentador

Fausto Silva tem sido um grande crítico de várias produções da Rede Globo. No meio desse ano, por exemplo, ele comparou um quadro de seu programa onde mostrava a história de uma mulher que cuidava de jacarés como bichos de estimação com a produção da supersérie da Globo "Onde Nascem os Fortes".

Faustão criticou a fotografia da produção que tem a direção artística de José Luiz Villamarin.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

Segundo ele, o quadro do programa da mulher com os jacarés é igual a supersérie "Onde Nascem Os Fortes", cheio de fumaça e poeira.

Ele também, em um outro momento, com o microfone aberto, chegou a dizer que a chamada dessa supersérie da Globo tem muita areia.

Situação política

Um dos grandes alvos do apresentador tem sido o lado político que envolve o país, ainda mais nesse ano, que foi o das eleições presidenciais.

No dia 27 de maio desse ano, ele estava furioso, principalmente em decorrência da greve dos caminhoneiros que acabou complicando a vida de todas as pessoas.

Ele criticou o governo de Michel Temer, os grevistas e toda a classe política, criticou os artistas, no qual chamou de classe rica, e sobrou até para a produção do seu programa.

Faustão ainda decidiu explicar que as suas palavras não são ditas por ponto eletrônico e, sim, vem tudo da sua cabeça, do que ele realmente pensa.

Publicidade

Entretanto, ele enalteceu a Rede Globo por dar a ele essa liberdade de falar o que quiser.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo