A novela infantil do SBT tem feito grande sucesso entre a garotada, mas, segundo o Ministério da Justiça, As Aventuras de Poliana não é mais indicada para crianças menores de 10 anos por conter 'violência e linguagem imprópria'. A classificação indicativa da novela sofreu uma alteração, conforme ordem do Ministério da Justiça.

A trama de Íris Abravanel era auto-classificada como 'livre para todos os públicos', só que, a partir desta terça-feira (20), torna-se inadequada para menores de 10 anos.

O despacho foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, dia 20.

Publicidade

De acordo com o Diário Oficial da União, muitos capítulos são acusados de apresentarem bullying e ficarem expondo os personagens a situações constrangedoras. Ainda segundo o DOU, a novela também é acusada de ficar incentivando o consumo, além de apresentar muita violência e preconceito.

De acordo com o Ministério da Justiça, o SBT já foi notificado a respeito deste conteúdo inapropriado que vem sendo exibido em As Aventuras de Poliana e isto não poderia mais acontecer, uma vez que auto-classificação de livre para todos os públicos fez com que o SBT adiantasse episódios da trama. Como os capítulos não foram readequados, então a novela passa a ser indicada somente para maiores de 10 anos.

A história de Poliana

O enredo mostra uma menina órfã que foi morar com a tia e aos poucos foi conquistando a todos em sua volta. Poliana é sempre muito otimista, encara os problemas de uma forma diferente e está sempre buscando formas de ajudar os outros.

Claro que essa vontade da garotinha em ajudar as pessoas acaba lhe rendendo muitos problemas e ela esta sempre metida em alguma confusão, ainda mais quando junta com seu grande amigo, o João.

Quando a novela do SBT está mostrando somente as aventuras em que Poliana se envolve, não há cenas polêmicas, porém, quando os demais personagens entram em cena, aí as coisas se complicam.

Publicidade

Kessya é uma menina negra que mora na comunidade Jardim Bem-te-vi, ela estuda na mesma escola que Poliana e outras crianças ricas. Algumas crianças vivem atazanando a vida de Kessya, justamente por suas condições sociais.

Roger é um patrão que vive pegando no pé dos funcionários e está sempre humilhando seus subordinados, principalmente a secretária. E assim há outros personagens polêmicos, que acabaram tornando a novela imprópria para crianças, segundo o Ministério Público.

O SBT ainda não informou o que irá fazer a respeito.

Confira outras notícias sobre TV e famosos

A Fazenda 10: João Zoli, Léo Stronda e Rafael Ilha formam nova roça

Vanessa Gerbelli abandona novela Jesus para doar medula óssea para o pai

O Sétimo Guardião, resumo de terça-feira (20): gato León é flagrado por Leonardo