Nesta última quinta-feira (1º), o programa A Tarde É Sua, da RedeTV, divulgou um imbróglio judicial envolvendo o livro Ágape, um dos maiores sucessos do padre Marcelo Rossi. Lançado em 2010, o livro logo se tornou um dos mais vendidos no Brasil, sendo sucesso também em outros países, acumulando mais de 10 milhões de cópias comercializadas. Porém, segundo o colunista Alessandro Lo-Bianco, no livro teria um texto de autoria da escritora Izaura Garcia.

Ela teria fechado um acordo com a editora Globo e recebido R$ 25 mil reais na época para que o texto de sua autoria pudesse ser utilizada no Ágape.

Publicidade

Mas o livro logo se tornou um best-seller, com críticas positivas do público e especialistas, sendo que o texto da escritora, que ocupa pouco mais de uma página, passou a ser citado até em outros países por sites especializados e críticos renomados. Ainda teria um outro problema, que é o fato de determinadas edições do livro não darem a Izaura Garcia os devidos créditos e, por causa disso, ela ficou revoltada e decidiu entrar na Justiça.

Processo contra o padre e também a editora Globo

A escritora agora quer receber pelo seu trabalho e por isso pede em uma ação indenizatória no valor de R$ 50 milhões.

Segundo os advogados de Izaura, esse valor não é alto, pois se trata de somente 20% do que padre Marcelo Rossi teria faturado com a venda do livro Ágape, juntamente com a editora Globo.

O juiz já está analisando o caso e fez uma observação quanto ao valor que poderá ou não ser alterado.

A assessoria do religioso foi contactada por Alessandro Lo-Bianco e não negou o processo, porém, garantiu que a escritora já tinha assinado um contrato e que aceitou o valor de R$ 25 mil quando o livro Ágape ainda não havia sido lançado.

Publicidade

Ainda segundo a assessoria do padre Marcelo Rossi, os advogados do religioso e da editora Globo estão resolvendo a questão com a escritora na Justiça.

O trecho do livro que está causando toda esta polêmica foi escrito no ano de 1983 e o acordo com a editora Globo para a reprodução do mesmo foi em 2016. A Globo, além de pagar os R$ 25 mil, ainda garantiu que ela poderia lançar o livro Diabetes.com.saúde.

Ao voltar atrás em sua decisão, Izaura alegou que "não foi remunerada apropriadamente" e por isso deveria receber uma quantia maior, inclusive em relação às novas versões que não lhe dão os devidos créditos.

O livro Ágape procura tecer importantes reflexões do religioso a respeito de algumas das passagens do Evangelho de São João.

Leia mais sobre os famosos

Romance de Bruna Marquezine com irmão de Giovanna Ewbank é descoberto

O Sétimo Guardião: Bruno Gagliasso e Marina Ruy Barbosa serão protagonistas