Nesta última quinta-feira (1º), o programa A Tarde É Sua, da RedeTV, divulgou um imbróglio judicial envolvendo o livro Ágape, um dos maiores sucessos do padre Marcelo Rossi. Lançado em 2010, o livro logo se tornou um dos mais vendidos no Brasil, sendo sucesso também em outros países, acumulando mais de 10 milhões de cópias comercializadas. Porém, segundo o colunista Alessandro Lo-Bianco, no livro teria um texto de autoria da escritora Izaura Garcia.

Publicidade
Publicidade

Ela teria fechado um acordo com a editora Globo e recebido R$ 25 mil reais na época para que o texto de sua autoria pudesse ser utilizada no Ágape.

Mas o livro logo se tornou um best-seller, com críticas positivas do público e especialistas, sendo que o texto da escritora, que ocupa pouco mais de uma página, passou a ser citado até em outros países por sites especializados e críticos renomados. Ainda teria um outro problema, que é o fato de determinadas edições do livro não darem a Izaura Garcia os devidos créditos e, por causa disso, ela ficou revoltada e decidiu entrar na Justiça.

Publicidade

Processo contra o padre e também a editora Globo

A escritora agora quer receber pelo seu trabalho e por isso pede em uma ação indenizatória no valor de R$ 50 milhões. Segundo os advogados de Izaura, esse valor não é alto, pois se trata de somente 20% do que padre Marcelo Rossi teria faturado com a venda do livro Ágape, juntamente com a editora Globo.

O juiz já está analisando o caso e fez uma observação quanto ao valor que poderá ou não ser alterado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

A assessoria do religioso foi contactada por Alessandro Lo-Bianco e não negou o processo, porém, garantiu que a escritora já tinha assinado um contrato e que aceitou o valor de R$ 25 mil quando o livro Ágape ainda não havia sido lançado.

Ainda segundo a assessoria do padre Marcelo Rossi, os advogados do religioso e da editora Globo estão resolvendo a questão com a escritora na Justiça.

O trecho do livro que está causando toda esta polêmica foi escrito no ano de 1983 e o acordo com a editora Globo para a reprodução do mesmo foi em 2016.

A Globo, além de pagar os R$ 25 mil, ainda garantiu que ela poderia lançar o livro Diabetes.com.saúde.

Ao voltar atrás em sua decisão, Izaura alegou que "não foi remunerada apropriadamente" e por isso deveria receber uma quantia maior, inclusive em relação às novas versões que não lhe dão os devidos créditos.

O livro Ágape procura tecer importantes reflexões do religioso a respeito de algumas das passagens do Evangelho de São João.

Publicidade

Leia mais sobre os famosos

Romance de Bruna Marquezine com irmão de Giovanna Ewbank é descoberto

O Sétimo Guardião: Bruno Gagliasso e Marina Ruy Barbosa serão protagonistas

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo