Nesta segunda-feira (17), o âncora do Jornal da Noite, da rede Bandeirantes, Fábio Pannunzio, colocou em dúvida os depoimentos de algumas mulheres que afirmam terem sofrido assédio sexual pelo médium João de Deus, dizendo "você acha crível mesmo que esse homem molestou 500 mulheres? Aos 76 anos de idade?" e pede para a comunidade pensar se isso não é um esquema para, de certa forma, manchar a religião do médium. O âncora também afirma que há muitas das denúncias que devem ser verdadeiras, mas com relação a outras podem não ser.

Publicidade

Ele faz isso através da expressão "eu não tenho dúvida nenhuma de que entre esses relatos tem muito trigo e tem também algum joio".

Em consequência da atitude, a apresentadora do Globo News Leilane Neubarth ficou revoltada e postou em seu Twitter comentando o que sentiu com a atitude do colega de profissão:

"É difícil até dizer o que eu sinto quando ouço um comentário como este... não sei se fico enojada, revoltada ou com pena pela total falta de informação dele."

Tanto os comentários do âncora, quanto a indignação da apresentadora do Globo News podem ser vistas no vídeo anexo ao Twitter de Leilane Neubarth:

Leilane já havia mostrado o que pensa do comportamento do médium João de Deus, e de alguns comentários polêmicos sobre o caso nas mídias sociais.

E a atenta jornalista, segue informando cada passo do processo em sua rede social:

Por conta do seu próprio posicionamento a favor das vítimas é que a jornalista achou estapafúrdios os comentários de Fábio Pannunzio e colocou o pensamento em escrito, de forma a afrontar qualquer dúvida quanto ao fato de que João de Deus cometia assédio sexual.

Publicidade

Caso João de Deus

O médium João de Deus, que atua há décadas na cidade de Abadiânia, Goiás, tem atendido um número imenso de pessoas que precisam de cura para seus problemas, sejam eles de forma física ou espiritual. O médium é tão respeitado que Famosos de várias partes do mundo vieram ao seu encontro. Dentre esses famosos estão Oprah Winfrey, famosa apresentadora de Televisão dos Estados Unidos da América, que fez uma entrevista com João, anos atrás,e colocou-a em seu site. Da mesma forma que ela, a apresentadora Xuxa também tem fotos com o médium e falou boas coisas sobre ele.

Atualmente, ambas retiraram as postagens e Xuxa fez um pedido de desculpas porque não imaginava que o médium era também um suposto molestador.

No programa Conversa com Bial do dia 30 de novembro, o apresentador pedro Bial e sua equipe mostraram uma entrevista com algumas supostas vítimas sexuais do médium, o que encorajou outras mulheres que ao longo dos anos teriam sido molestadas por ele a prestarem queixa. Uma dessas mulheres, inclusive, é a própria filha do médium, que em entrevista revelou que tem sido abusada sexualmente pelo pai, desde a idade de 10 anos.

Publicidade

O depoimento da mulher foi confirmado por seus filhos, os netos de João de Deus.

João de Deus estava como foragido, com prisão preventiva decretada, quando se entregou à polícia, acompanhado de seu advogado, no dia 16 de dezembro prestando esclarecimentos no mesmo dia.

Segundo o G1, o Ministério Público recebeu mais de 500 relatos de mulheres que afirmam terem sido abusadas sexualmente durante os tratamentos espirituais. João de Deus se diz inocente das acusações.