Galvão Bueno fez questão de mostrar que adora ir e curtir festa da firma. O narrador global se jogou na pista e ficou bem à vontade. Na noite deste último sábado (15), Galvão compartilhou com os fãs em seu perfil no Twitter, um vídeo em que aparece curtindo um show de Alok.

O evento aconteceu na festa de fim de ano da Globo e Galvão comentou: "Alok. A Globo enlouqueceu".

Na postagem, Galvão deixou um comentário perguntando se a festa da firma foi realmente boa e contou que a Globo decidiu encerrar 2018 com um super show do DJ Alok.

Publicidade

"Que venha 2019, 2020, 2021, 2022", escreveu o narrador esportivo. A postagem já teve milhares de curtidas e centenas de comentários, onde os internautas se divertem com a descontração do apresentador global.

Confira o vídeo postado por Galvão em seu perfil no Twitter e que surpreendeu os internautas:

A frase dita por Galvão Bueno, na verdade, é uma adaptação que ele fez de um dos seus bordões, quando ele ficou famoso na última Copa do Mundo por dizer que Moscou enlouqueceu com a festa realizada pelos torcedores.

Contrato renovado

Para alegria dos fãs do narrador esportivo, o contrato de Galvão Bueno com a Globo foi renovado até 2022 e ele continuará comandando os principais jogos transmitidos pela emissora, além das corridas de Fórmula 1. Vale lembrar que em 2022 será realizada a Copa do Mundo do Qatar e não há nenhuma previsão sobre o futuro de Galvão na Globo, após este evento.

Em 2022, Galvão estará narrando sua 13ª Copa do Mundo, sendo que a primeira vez do narrador em na Alemanha em 1974, quando ainda era funcionário da TV Gazeta.

Publicidade

Galvão Bueno entrou para a equipe da Globo em 1981, mas em 1992 teve uma breve passagem pela rede OM, já extinta.

Antes de ir para a Gazeta, Galvão trabalhou em uma fábrica de materiais plásticos, passou depois por uma rádio e foi onde adquiriu experiência com narração, descobrindo que este era seu grande dom. Em 1977, esteve na Record, mas ficou lá apenas por dois meses, indo em seguida para a Band, onde narrou os jogos na Copa do Mundo de 1978. A primeira vez narrando Fórmula 1 foi em 1980, na TV Bandeirantes, que havia comprado os direitos de transmissão.

Na Globo, Galvão Bueno é responsável por narrar os principais eventos esportivos da emissora, como a conquista da Copa do Mundo em 1994 e o trágico acidente de Ayrton Senna, em que o piloto acabou morrendo. Em 1996, o narrador ficou por um tempo na bancada do Jornal Nacional comentando o mundo do esporte, mas foram apenas alguns dias neste posto.