A morte violenta de um cãozinho em uma unidade da rede de supermercados Carrefour, localizada em Osasco, na Grande São Paulo, vem gerando muitos protestos de anônimos e também Famosos, como é o caso de Luciano Huck, que em seu perfil no Instagram compartilhou com os milhões de seguidores uma caricatura do cachorro morto. No desenho, o animal aparece com uma auréola, e a imagem viralizou nas redes sociais.

"Chocado. É muita crueldade", escreveu o apresentador na legenda, mostrando-se comovido com o ocorrido.

Publicidade

O caso foi denunciado à Delegacia de Meio Ambiente de Osasco e as investigações já começaram. O cão chegou a ser socorrido pelo Centro de Controle de Zoonoses, mas não resistiu e morreu.

Segundo testemunhas, o cão foi abandonado no estacionamento do supermercado e alguns funcionários ficaram com pena e começaram a dar água e comida para ele. Aos poucos o pet foi se acostumando com a nova vida e, mais à vontade, passou a circular livremente pelas dependências do estabelecimento comercial. O gerente, não satisfeito com aquela situação, teria mandando que um dos seguranças retirasse o animal de lá e foi aí que toda esta polêmica teria começado, pois o funcionário é acusado de espancar o cão e depois envenená-lo.

A postagem feita por Huck já recebeu quase 300 mil curtidas e milhares de comentários, pois os seguidores do apresentador se mostraram também indignados com a atitude do segurança e pedem justiça.

Angélica também se mostrou chocada

A mulher do apresentador é outra famosa que usou a internet para protestar contra a morte do cãozinho em Osasco. "Como pode existir gente com tanta maldade no coração... esse olhar puro", questionou Angélica, sem entender o que teria levado o segurança a tamanha crueldade.

Tatá Werneck é outra famosa que usou as redes sociais para expressar sua indignação com a morte do cachorro. A apresentadora do Lady Night disse que agora espera alguma iniciativa do Carrefour e que a empresa comece a ajudar no resgate de cães e gatos que são abandonados pelas ruas.

Publicidade

"Que eles invistam em responsabilidade social", escreveu Tatá.

A jornalista Maria Cândida, outra famosa que ficou revoltada com a morte do pet no Carrefour de Osasco, decidiu fazer uma generosa doação para a ONG Coração de Bambu, buscando assim ajudar de alguma forma para que cenas como esta não voltem a acontecer e os animais abandonados possam ser ajudados. Em seu perfil no Instagram, Maria Cândido explicou que a melhor forma de protestar contra a violência contra os animais é cada um fazendo sua parte e que assim será possível reverter este quadro.