O marido de Ana Hickmann, Alexandre Correa, decidiu "cutucar" algumas petistas com um pequeno aviso. Em uma publicação através do seu Instagram, ele pediu para que as deputadas federais eleitas Gleisi Hoffmann e Maria do Rosário não sobrevoassem Brasília com suas vassouras, pois caso contrário, "serão abatidas". Correa se aproveitou dessa mensagem para exaltar a posse de Jair Bolsonaro que acontecerá nesta terça-feira (1º).

Publicidade
Publicidade

A publicação foi compartilhada por ele no último domingo (30). Além de insinuar que as duas parlamentares seriam bruxas, o aviso de Correa cita duas notícias recentes que envolvem a posse de Bolsonaro. Um desses avisos é o boicote do PT à cerimônia e o outro é um decreto feito pelo presidente Michel Temer que autoriza o abate de aviões suspeitos no momento do evento.

Alguns Famosos acabaram curtindo a postagem de Alexandre Correa.

Publicidade

Entre eles estão o apresentador Cesar Filho e a atriz Beth Goulart. Muitos seguidores dele acabaram apoiando sua publicação e riram do comentário dele. Entretanto, teve alguns que não gostaram e disseram que o rapaz estava incitando a violência.

Boicote do PT

O Partido dos Trabalhadores disse que não participaria do evento porque não compactua com as ideias de Bolsonaro. O PT admite que reconhece o resultado das Eleições, contudo, afirma que o processo foi descaracterizado por várias ações.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Jair Bolsonaro

O partido citou o "golpe" que foi o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, a retirada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de concorrer às eleições e a suposta propagação de mentiras que, segundo os petistas, foram divulgadas pela equipe de Bolsonaro para atrapalhar a candidatura de Fernando Haddad.

Outro partido que também afirmou que não participará da posse é o PSOL. Segundo o partido, Bolsonaro não respeita os direitos humanos.

Determinação de Temer

Para a posse de Bolsonaro, Michel Temer publicou na sexta-feira (28), alguns procedimentos que devem ser tomados diante de aeronaves suspeitas que estejam sobrevoando o evento de posse de Jair Bolsonaro. Essa seria uma das medidas tomadas contra ameaças terroristas que têm sido comentadas nos últimos dias.

De acordo com o decreto assinado pelo emedebista, qualquer aeronave que classificada como suspeita ou que estiver fazendo manobras que configurem supostos ataques devem ser abatidas no exato momento.

Publicidade

As medidas começam a partir da zero hora do dia 1º de janeiro e vale até a zero hora do dia 2 de janeiro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo