Uma notícia dada pelo jornalista Ricardo Feltrin e postada no portal UOL tem dado o que falar, pois revela que padre Alessandro, conhecido como o 'padre sertanejo', é acusado não só de ostentação, como também estaria ofendendo alguns idosos. Segundo Feltrin, as críticas falam sobre desrespeito com idosas, maus tratos a funcionários de uma emissora de Televisão e exibicionismo.

O jornalista contou que recebeu um grande número de e-mails de pessoas relatando atitudes nada indicadas a um sacerdote.

Publicidade
Publicidade

Algumas pessoas inclusive se apresentaram como ex-funcionários de produções do religioso, além de profissionais da Gazeta e TV Aparecida.

No site Reclame Aqui, também há vários críticas direcionadas ao padre sertanejo. Um dos denunciantes alegou que ele é só um cantor sertanejo que vem tentando se promover com músicas que não são religiosas e fica oferecendo uma série de produtos para aumentar seus ganhos.

Outro reclamante alega que o padre deveria ter um programa só com músicas religiosas, porém, é uma atração com "ofensas e brincadeiras bestas, idiotas que denigrem os idosos".

O Reclame Aqui ainda traz reclamações de pessoas que teriam pago R$ 65 para ir ao programa, que acabou sendo cancelado, sem contar as críticas a vários produtos que são anunciados no programa apresentado por padre Alessandro.

Críticas se espalham

E não é só no Reclame Aqui que as críticas vão aumentando. Em outros sites e nas redes sociais, o padre sertanejo vem sendo detonado por muitas pessoas. Um citou uma "brincadeira" que o religioso fez, se referindo aos idosos que estavam em sua plateia como "bagulho pra despacho".

Publicidade

De acordo com o jornalista Ricardo Feltrin, a Cúria Metropolitana e o Vaticano já contam com uma série de denúncias contra o padre Alessandro por causa das roupas justas que ele usa em seus programas e também nos shows que realiza.

Em contato com Fentrin, o padre nega todas as acusações e diz não conhecer as denúncias de maus-tratos a profissionais. Alegando também que jamais tratou mal alguma idosa, seja em seu programa, nos shows ou em qualquer outro lugar.

O religioso alega que "brinca" com as pessoas de seu auditório e todos se divertem, gostam das piadas e nunca ninguém reclamou com ele por causa disso.

Padre Alessandro contou ao jornalista que não fez voto de pobreza e por isso não há problema algum em trabalhar, ganhar seu dinheiro e comprar o que quiser. O padre sertanejo confirmou o uso de helicóptero, mas explicou que isso se faz necessário por causa da agenda lotada, sendo que ele faz shows, tem o trabalho na TV e em rádios.

Publicidade

Leia tudo