Após encerrar sua bem sucedida turnê El Dorado World Tour no mês de novembro, tudo indicava que Shakira tiraria umas boas férias e não precisaria se preocupar com o trabalho por algum tempo, mas, infelizmente, as coisas não têm sido assim tão tranquilas. Recentemente, ela foi mais uma vez acusada pela fisco da Espanha por sonegação de impostos e, de acordo com o órgão, sua dívida é de 14,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 64 milhões).

A cantora, que vive em Barcelona desde 2011, está sendo acusada de não pagar impostos sobre patrimônio referentes ao período de 2012 a 2014. A queixa criminal apresentada em Espugles de Llobregat, onde de fato a artista reside atualmente, alega que houve movimentações em 14 empresas diferentes para fugir do pagamento da dívida.

Lei Espanhola

Em 2016, foi aberto o primeiro processo contra a estrela da Música latina, porém ela alegou que mantinha sua residência fiscal nas Bahamas onde ela possuía uma mansão.

Na ocasião, o fisco espanhol alegou que ela não havia passado sequer um dia no país em questão e que de acordo com a lei espanhola, cidadãos que residam pelo menos 183 dias, ou seja, metade de um ano, na Espanha são obrigados a pagar todos os seus impostos no país, mesmo que parte de seus rendimentos sejam obtidos em outros países.

Pena Prevista

De acordo com o processo, as 14 empresas seriam fantasmas localizadas em paraísos fiscais em Malta, Panamá, Ilhas Cayman e Ilhas Virgens Britânicas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Música

A denúncia apresentada pela promotoria afirma que a movimentação das empresas em paraísos fiscais tinha como intuito ocultar o real patrimônio da cantora para fugir das altas taxas de imposto aplicadas no país, que podem chegar até 56% para grandes fortunas.

O Ministério Público alega que cinco dos delitos cometidos são graves e a potencial pena de prisão pode chegar ate 11 anos caso a multa, estabelecida em 19,4 milhões de euros, não seja paga.

Inocente

Em nota divulgada a imprensa a cantora colombiana alega Inocência e diz que teve um direito fundamental recusado.

"Ela pagou até o último euro exigido pela agência tributária e, portanto, não deve nada ao Estado espanhol. Shakira se ofereceu a declarar e recusaram este direito fundamental" disse o comunicado.

Ainda de acordo com a assessoria jurídica da cantora, em nenhum dos anos reclamados, ela passou mais de 183 dias na Espanha e sempre cumpriu com suas obrigações tributárias.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo