O ator José Mayer, de 69 anos, não pertence mais ao quadro de funcionários da Rede Globo. O veterano da teledramaturgia foi dispensado pela emissora no final de 2018, mas o comunicado anunciando a demissão aconteceu apenas na tarde desta terça-feira (15).

A Globo emitiu comunicado dizendo que, depois de mais de 35 anos, a emissora e o ator informavam o fim da parceira. Segundo a Globo, isso aconteceu no final de 2018 "de comum acordo". A carreira de sucesso do ator na emissora chega ao fim depois das acusações de assédio sexual que pipocaram contra ele em 2017.

Publicidade

Tudo começou quando a figurinista Susllem Tonani escreveu um relato para um blog do jornal Folha de S. Paulo detalhando o que aconteceu nos bastidores da novela A Lei do Amor, exibida entre 2016 e 2017 no horário das 21h. O caso rapidamente viralizou e a Globo passou a ser cobrada para tomar uma atitude.

A emissora optou por afastar o ator por tempo indeterminado. Logo após a denúncia, José Mayer se pronunciou. O ator assumiu o erro e pediu desculpas. Ele afirmou que não teve a intenção de ofender, desrespeitar ou agredir com o que chamou de "brincadeiras de cunho machista".

Em abril de 2017, o caso foi encerrado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro após Susllem Tonani decidir não seguir com o processo. Por conta disso, Zé Mayer não respondia a nenhum processo na Justiça.

De acordo com o jornalista Flávio Ricco, colunista do UOL, a emissora tentou trabalhar nos bastidores para recolocar o ator no mercado de trabalho. A volta dele foi cogitada em O Sétimo Guardião, atual novela das nove, mas não aconteceu.

O autor do folhetim, Aguinaldo Silva, curiosamente, defendeu Zé Mayer publicamente na segunda-feira (14), ao dizer que o ator deveria voltar às telenovelas e que sem denúncia não havia crime.

Publicidade

Carreira de sucesso

A trajetória de Zé Mayer na Globo foi iniciada em 1983, em Guerra dos Sexos. Desde então, foram mais de 40 obras, incluíndo também séries, minisséries e especiais. O ator ficou marcado pelos trabalhos em que interpretava machões.

Um dos grandes marcos em sua carreira foi o personagem que interpretou em Presença de Anita. O galã era seduzido por uma mulher mais nova, interpretada por Mel Lisboa.

Zé Mayer atuou em grandes sucessos como A Indomada (1997), Laços de Família (2000), Esperança (2002), Mulheres Apaixonadas (2003), Senhora do Destino (2004), Páginas da Vida (2006), Saramandaia (2013) e Império (2014), além de muitos outros.