O ator Bruno Gagliasso é uma figura bem presente nas redes sociais e vira e mexe se envolve em polêmicas expondo sua opinião política para os seguidores. Nesta quinta-feira (3), o Brasil foi tomado por uma polêmica envolvendo a ministra Damares Alves.

Líder da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves aparece em vídeo dizendo que meninos vestem azul e meninas rosa. Além disso, ela também fala que está começando uma nova era.

Rapidamente, a opinião da ministra se espalhou pela internet e causou muita polêmica, dividindo opiniões.

Publicidade

Muita gente concordou com ela. Muitos discordaram. Ela explicou que a sua fala foi uma metáfora para a chamada ideologia de gênero.

Diante da polêmica que tomou as redes sociais, Bruno Gagliasso postou uma foto em que aparece com uma suposta camisa de manga longa, rosa. O problema para o ator da Rede Globo é que o maquiador Agustin Fernandez, apoiador do presidente Jair Bolsonaro, foi um dos primeiros a compartilhar uma montagem em que Bruno aparece com a mesma camisa só que na cor cinza. Agustin chamou o global de hipócrita e com vontade de lacrar.

"Editou uma foto velha", escreveu.

Na postagem feita no Instagram, Gagliasso ainda usou algumas hashtags que dizia "sou rosa, "uso rosa" e "vou usar”. Ele perguntou aos seus 13 milhões de seguidores onde tinha uma saia rosa para que ele pudesse usar. Depois de ser acusado de editar a foto, o ator foi bastante criticado por alguns internautas.

Para não deixar barato, horas mais tarde Bruno Gagliasso postou uma foto usando uma blusa rosa e fazendo cara de deboche. Na legenda, desejou boa noite aos internautas. Dessa vez, todo mundo percebeu que não havia edição e que a peça de roupa era de fato rosa.

Publicidade

Irmão rebate

A relação do casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank com Thiago Gagliasso não é das melhores. O irmão de Bruno é apoiador de Bolsonaro, enquanto o casal fez parte da campanha “Ele não”, que tomou conta das redes sociais durante o período eleitoral.

Na polêmica das cores, Thiago também postou sua opinião no Instagram. Ator, assim como o irmão, ele afirmou que não é tão difícil entender que a ministra usou uma metáfora contra a ideologia de gênero.

Ele afirma ainda que meninos e meninas podem azul, rosa, colorido ou a cor que quiserem.

Muitos internautas o elogiaram e viram isso como alfinetada ao irmão. Recentemente, Thiago postou o print de uma briga com a cunhada Gio Ewbank.