Fausto Silva [VIDEO] acabou gerando polêmica na noite do último domingo (6), durante seu programa, ao comentar sobre política. O apresentador, que não tem papas na língua, acabou soltando a seguinte frase: "Imbecil que está lá e não devia estar". Logo, foi interpretado por internautas como uma possível indireta para Jair Bolsonaro. Com a repercussão da confusão envolvendo seu nome e do atual presidente, Faustão gravou um vídeo, que foi enviado ao colunista Flávio Ricco, do UOL, em que explica o que teria acontecido.

Publicidade

Faustão nega ter criticado Jair Bolsonaro

Fausto Silva fez questão de esclarecer a polêmica que ganhou os principais sites de notícias desde ontem. Após ter supostamente criticado Bolsonaro, o apresentador explicou em vídeo que o programa que foi ao ar no último domingo teria sido gravado ainda no ano passado.

Faustão negou que tenha criticado qualquer indivíduo e que em momento algum sua declaração foi direcionada a alguém: "em nenhum momento eu falei a respeito do atual presidente, muito menos dos eleitores com o termo imbecil", desabafou o apresentador da Rede Globo.

Faustão contou que, de modo geral, englobou políticos eleitos que se deixam levar pela vaidade e acabam se esquecendo das principais questões do país. E fez questão de relembrar seu pronunciamento logo que o resultado das eleições veio a público. O apresentador teria comentado sobre democracia em seu programa, ao mandar recado aos derrotados para que tivessem a humildade de reconhecer que haviam perdido.

Veja o esclarecimento do apresentador na íntegra:

Entenda toda a polêmica e a repercussão

O primeiro Domingão do ano acabou gerando o maior reboliço nas redes sociais.

Publicidade

Celebrando 30 anos de exibição, o dominical da Rede Globo acabou se tornando um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, não por suas três décadas no ar, mas por uma frase de Faustão que acabou sendo interpretada como uma indireta a Bolsonaro.

Acusado por internautas de ter alfinetado o atual presidente e o chamado de imbecil, o nome do apresentador caiu na boca do povo e foi alvo dos mais diversos comentários nas redes sociais. De um lado, eleitores de Bolsonaro prometeram até mesmo boicotar o programa de Fausto Silva.

De outro, pessoas contrarias ao atual governo fizeram questão de parabenizar o apresentador.

Acontece que, de fato, o programa exibido no último domingo pela Rede Globo [VIDEO] já havia sido gravado em 2018, quando o presidente da República ainda era Michel Temer, assim como o próximo Domingão, que irá ao ar no próximo dia 13.