Famoso pelas letras de funk ostentação, Airon de Lima Silva ficou conhecido como MC Lon ao emplacar o hit Novinha Vem, Que Tem e alcançar mais de 50 milhões de visualizações em seu clipe no YouTube. Por muitas vezes notícia no meio musical, o cantor agora estampa os noticiários policias após ter sido preso em Praia Grande, no litoral de São Paulo, portando uma arma de fogo e munição. O flagrante foi feito por policiais do Batalhões da Polícia Militar do Estado (Baep), na última segunda-feira (14), após uma denúncia anônima, conforme informou o G1, embasado em informações da Polícia Civil.

Publicidade
Publicidade

Mc Lon atribuiu a posse de arma a um amigo presente no local

Segundo a polícia divulgou ao site do grupo Globo, a busca no apartamento do cantor teve início após uma denuncia anônima e equipes do Batalhões da Polícia Militar do Estado (Baep) se dirigiram ao imóvel luxuoso do cantor no litoral paulista.

De acordo com o delegado Alexandre Comin, Mc Lon não teria resistido à abordagem e, ao ser questionado a respeito da arma, indicou aos policiais onde ela estava guardada.

Após ser detido em flagrante, o cantor acabou atribuindo a posse da arma a João Carlos Santos Furtuoso, identificado como amigo do funkeiro e presente no local.

João Carlos acabou confirmando ser o dono da arma e também foi detido junto de MC Lon, em flagrante. Os dois foram encaminhados ao DP Sede de Praia Grande, onde o caso continuará sob investigação.

Delegado deu detalhes sobre o caso

Ainda conforme relatou o delegado Comin, os policiais que fizeram a operação não tiveram dificuldades para entrar no prédio do cantor, tendo acesso liberado imediatamente pelo funkeiro logo que foram anunciados no prédio de alto padrão.

Publicidade

A arma localizada em um armário na cozinha e seria de uso exclusivo das forças de segurança e ainda estaria com a numeração raspada. "Uma 9 milímetros, e estava com a numeração suprimida", relatou o delegado ou informar que cerca de 10 munições também foram apreendidas no imóvel do funkeiro.

Para encerrar, o delegado contou ao G1, que o cantor será indiciado por de posse ilegal de arma de fogo com uso restrito com numeração suprimida, e ressaltou que se trata de um crime inafiançável.

A equipe do G1 teria procurado a assessoria do cantor, mas não obteve resposta até a manhã desta terça-feira (15). A defesa de MC Lon também não teria se manifestado sobre o caso até o fechamento desta matéria.

Leia tudo