A 19ª edição do Big Brother Brasil começa no próximo dia 15 de janeiro. Faltando pouco mais de dez dias para o início da atração, o departamento comercial da Globo deve estar trabalhando contra o tempo para vender todas as cotas de patrocínio do reality show.

Sucesso comercial, o programa só está no ar até hoje porque rende muito dinheiro aos cofres da emissora. Neste ano, porém, a situação deve ser um pouco diferente. De acordo com o site NaTelinha, das seis cotas colocadas à venda, duas delas não foram vendidas.

Publicidade

O valor de cada uma, segundo o NaTelinha, é de R$ 38 milhões. Com a venda das quatro cotas de patrocínio master, a emissora já faturou R$ 152 milhões. Mas deixou de ganhar até o momento outros R$ 76 milhões.

Por enquanto, as empresas que estamparão suas marcas no BBB 19 serão: Faculdades Anhaguera, Burger King, Johnson & Johnson e Itaipava. No ano passado, as marcas que patrocinaram o BBB 18 foram: Walmart, PagSeguro, Nestlé, Itaipava, Sadia e Guaraná Antarctica.

Segundo o NaTelinha, fontes do mercado acreditam que seja muito difícil a Globo conseguir fechar a venda dos dois patrocínios que faltam.

Embora, segundo o site, a possibilidade de venda não esteja descartada. O NaTelinha procurou a Globo, mas a emissora alegou que não comenta sobre projetos em andamento.

O que já se sabe sobre a nova edição do reality

O Big Brother Brasil é o reality show mais longevo da TV brasileira. A Fazenda, por exemplo, está apenas na décima edição. A Casa dos Artistas, que precedeu o BBB, foi exibida pelo SBT apenas por quatro temporadas.

Há tanto tempo no ar, o reality da Globo sempre apresenta novidades de uma edição para a outra.

Publicidade

Em 2017, foram os casais de gêmeos que disputaram a permanência nos primeiros dias de confinamento. Emilly eliminou a irmã Mayla e depois de três meses de confinamento e muita polêmica, sagrou-se vencedora.

No ano passado, uma família participou. Ana Clara e o pai Ayrton chegaram à final do reality show. Neste ano, uma das novidades será a data de estreia, adiantada para o dia 15 de janeiro. O diretor-geral da atração, Boninho, afirmou que o primeiro participante confinado para participar do BBB 19 é inteligente e é do Nordeste.

Ana Clara, recém-saída do Vídeo Show, será repórter na atual edição do BBB. O programa terá uma ponto para se preocupar: a baixa audiência que vem apresentado a novela O Sétimo Guardião. A baixa audiência do folhetim pode derrubar os índices do Big Brother Brasil. Tiago Leifert continua na apresentação do reality.