A notícia da morte de Caio Junqueira levou muitos artistas aos prantos e muitas homenagens foram feitas ao ator de Tropa de Elite. O ator de apenas 42 anos sofreu um gravíssimo acidente e correntes de solidariedade foram montadas nas redes sociais em prol do querido artista. De todo modo, na última quarta-feira (23), o ator, que fez novelas na Globo e na RecordTV, não resistiu ao forte impacto da colisão de seu carro com uma árvore e acabou falecendo.

Amigos já haviam revelado que o estado de saúde era muito grave.

Publicidade

O ator sofreu múltiplas fraturas, estava sedado e com muita febre. Até houve uma melhora na última na terça (22), mas a notícia da morte acabou sendo confirmada pela família. Caio estava sendo cuidado no hospital por sua mãe.

O enterro aconteceu nesta quinta-feira (24), sob forte comoção de amigos e parentes de Caio. Um dos mais emocionados era Jonas Torres, que fez o Bacana na série infanto-juvenil 'Armação Ilimitada'. Ele foi fotografado aos prantos no enterro do irmão.

Ator Jonas Torres vai aos prantos em enterro do irmão

Caio era muito querido no meio artístico e recebeu homenagens de Famosos como Selton Melo, Bianca Rinaldi, Deborah Secco, Marcelo Serrado, Letícia Colin, Vera Fischer, Deborah Bloch, Patrícia Pilar, que usaram suas redes sociais para dar o último adeus ao artista.

Nesta quinta (24), o clima de comoção foi ainda maior. O enterro chegou a ser postergado em algumas horas para que Jonas Torres pudesse chegar a tempo de se despedir do irmão. Ele era um dos mais comovidos e apareceu aos prantos no cemitério.

Outros artistas também estiveram presentes para se despedir de Caio Junqueira. Dentre os famosos presentes estavam Angelo Paes Leme, Rodrigo Santoro, Maria Ximenes, Louise Cardoso e Danton Melo.

Acidente de Caio Junqueira

Todo o momento do acidente foi gravado por câmeras da prefeitura.

Publicidade

A colisão frontal com uma árvore aconteceu na região do Aterro do Flamengo. O ator conduzia seu carro (ele estava sozinho) e por volta das 13h15, era possível ver o veículo trafegando na faixa da direita, no sentido centro. O carro visivelmente fica desgovernado, invade o canteiro central e colide frontalmente.

Os bombeiros chegaram rapidamente, mas tiveram dificuldades para retirar o ator das ferragens, dada a violência da colisão. Foram usadas ferramentas hidráulicas para retirar Caio do veículo e ele foi levado ao Hospital Miguel Couto, onde faleceu na quarta (23).