Na última terça-feira (19), a ativista animal Luisa Mell viveu momentos de tensão enquanto realizava o resgate de mais de 1.700 cachorros em Piedade, no interior de São Paulo. Durante a libertação, Luisa afirma ter sofrido ameaças de morte e, com medo, teve que contar com a ajuda da policia.

Após o grande número de animais resgatados pelo Instituto Luisa Mell, a ativista mostrou dois dos três novos espaços alugados por ela para receber os pets.

O resgate histórico aconteceu depois que a Policia Militar interditou um canil clandestino.

Depois que mulheres tentaram invadir um dos abrigos preparados para receber os animais resgatados, Luisa Mell gravou um vídeo através do Instagram para relatar o que aconteceu. A tentativa de invasão e a ameaça aconteceram, segundo Luisa, após ela realizar a retirada de animais de um canil que foi interditado sob suspeita de maus-tratos.

A ameaça teria sido feita pelos criadores do canil.

Durante a gravação do vídeo na sua rede social, Luisa relatou o quão absurdo é ter que chamar a policia por tal motivo. Ela também aproveitou para agradecer as autoridades do Estado de São Paulo pelos serviços prestados. Luísa disse que as ameaças estão acontecendo através de grupos do WhatsApp e revela que a policia já esta ciente e monitorando tudo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Polícia

Luisa aluga três novos espaços para realizar o resgate

Após a interdição do canil, foi constatado que o Estado não teria espaço suficiente para receber tantos animais. Foi ai que Luisa Mell entrou na história e contando com a participação de voluntários e apoiadores, realizou o resgate de todos os animais.

Agora segundo o instituto, o processo será difícil e demorado já que todos os animais resgatados aparentam maus-tratos. O próximo passo é passar todos os pets por uma triagem, onde tomarão banho e serão avaliados para um tratamento veterinário se necessário.

O maior resgate de animais da história

O resgate feito por Luisa Mell durou cinco dias de trabalho, e segundo a defensoria animal, foi o maior já registrado na história no país. A atriz realizou a libertação de 1.707 animais doentes do canil interditado. Por causa do alto número de animais resgatados, Luisa Mell está pedindo doações para ter condições de cuidar de todos os pets.

Segundo uma publicação de Luisa nas redes sociais, os animais passaram a vida inteira presos em pequenas grades e agora todos da ONG estão “trabalhando para, em poucos dias, dar-lhes a estrutura que merecem”, escreveu a ativista.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo