Apresentador da Band, José Luiz Datena ficou incumbido de anunciar aos telespectadores da emissora a morte do principal nome do jornalístico da emissora paulista. Muito emocionado, o apresentador experiente embargou a voz e quando começou a falar sobre a morte do amigo, caiu no choro. Não era o horário do seu programa e ele entrou interrompendo o programa "Os Donos da Bola" para dar a triste notícia.

Publicidade
Publicidade

Ao entrar no ar ele fez várias homenagens ao amigo e engatou a tarde toda o "Brasil Urgente" que teve uma edição especial dedicada a Ricardo Boechat. Durante o programa, Datena se emocionou por várias vezes e ouviu várias personalidades e políticos que deixaram suas condolências à família do jornalista e do piloto que morreram no acidente aéreo desta segunda-feira (11).

Dentre as pessoas que foram entrevistadas por Datena, estavam Luciano Huck, Jô Soares, Boris Casoy, Ana Paula Padrão.

Publicidade

Além disto, o apresentador leu uma nota de pesar do presidente da República, Jair Bolsonaro, e ouviu ao vivo o governador do estado de São Paulo, João Doria.

'Até os inimigos o respeitavam', revelou o apresentador

Assim que Datena entrou no ar para anunciar a morte, ele revelou: "até os inimigos o respeitavam". Ele ainda explicou que os argumentos do amigo eram sempre muito incisivos, e que era difícil ser contestado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Mas revelou um lado importante de Boechat. Ele sabia voltar atrás se eventualmente estivesse errado.

Em outro momento de emoção, o apresentador que sempre entregava boa audiência para o amigo do "Jornal da Band" ainda contou: "meu amigo, que saudade de você. Quantos anos eu te anunciando como o melhor âncora da TV Brasileira".

Band exibe 'Brasil Urgente' especial dedicado a Boechat

O programa vespertino da Band foi todo dedicado ao apresentador do principal jornal da casa.

Datena mostrou, inclusive, um bate-papo informal entre ele, Boechat e Boris Casoy, onde eles fazem revelações sobre amenidades e contam histórias da vida além das câmeras.

Ricardo era o jornalista mais premiado em um dos mais importantes prêmios do setor, o Comunique-se, ganhando em três categorias. Também é dono de três prêmios Esso. Ele morreu aos 66 anos, era casado com Veruska Boechat e deixou seis filhos.

Publicidade

No mesmo acidente morreu também o piloto Ronaldo Quattruci, de 56 anos, que também era casado e deixou dois filhos.

Assista o vídeo do momento em que Datena entra no ar e anuncia a morte de seu amigo, Ricardo Boechat

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo