O elenco da novela "O Sétimo Guardião" viveu um momento muito delicado nesta quarta-feira (27), quando o figurante Joseph Lima dos Santos, de 23 anos, morreu após a gravação de uma cena da novela.

O rapaz era conhecido como Zimmerman e fazia parte da agência Luz e Cor. Após passar mal, recebeu os primeiros atendimentos no próprio local e em seguida foi encaminhado para o hospital, porém ele não resistiu e acabou falecendo.

A Rede Globo emitiu um comunicado no qual lamentou profundamente a perda do ator.

Publicidade
Publicidade

Também informou que a emissora presta solidariedade e está acompanhando toda a assistência que a família de Joseph está recebendo nesse momento tão delicado.

Segundo o UOL, Joseph gravou algumas cenas que estavam previstas no roteiro dos figurantes. O rapaz teria começado a trabalhar e inicialmente teria reclamado de dores nas costas, entretanto não passou pela cabeça de ninguém que poderia ser algo tão grave. Durante as gravações ele reclamou que as dores aumentaram e disse que estava com dificuldades para respirar, e pediu para se deitar.

Publicidade

Foi nesse momento em que a equipe percebeu que o estado do jovem era grave e que ele estava sofrendo um infarto. Após perceberem a gravidade do problema o jovem foi socorrido.

Zimmerman, que era paranaense, vivia no Rio de Janeiro há três anos. Nani Cardoso, amigo de trabalho de Joseph, usou as redes sociais para fazer um desabafo. O rapaz afirmou que Zimmerman tinha um grande futuro pela frente. Na postagem, Nani informava que o rapaz acabava de morrer durante um set de gravação nos Estúdios Globo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Santos

Cardoso conta que antes do almoço os enfermeiros do Projac aplicaram uma injeção para dores musculares após o jovem ter reclamado de dores nos peitos. Após a aplicação, Joseph almoçou e depois retornou normalmente para o set de gravação.

Cena dentro de ônibus

Ainda na mesma postagem, Cardoso afirma que o rapaz gravou uma cena em que havia muitas pessoas dentro do ônibus e diz que foi exatamente lá que o colega de profissão passou mal.

Ainda de acordo com Nani, após ser constatada a morte do colega, as gravações prosseguiram normalmente como se nada de diferente tivesse acontecido.

Ao final do desabafo, o colega de Joseph afirma que os figurantes são tratados apenas como objetos e não como seres humanos. A postagem termina com Nani dando os pêsames para toda a família do paranaense.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo