Angelique Boyer foi a grande estrela da noite no último domingo (10), quando aconteceu a entrega dos Prêmios TVyNovelas 2019, maior premiação da TV mexicana. Se por um lado a atriz ganhou destaque por ter vencido o prêmio de melhor atriz, por outro ela também ganhou as manchetes por um detalhes que a fez passar muita vergonha no evento. A atriz chegou a premiação com um vestido que chamava a atenção de todos, dourado e com uma transparência muito ousada na parte da frente. A marca Victor y Jesse foi quem desenhou o modelito, especialmente para Angelique vestir na premiação.

Publicidade

Porém, o vestido causou bastante dores de cabeça para a atriz no decorrer do evento.

Em certo momento durante a premiação, Angelique, de 30 anos, notou que seu decote transparente havia simplesmente desaparecido, e as "franjas" douradas que eram para decorar seu ombro esquerdo, na verdade estavam no ombro direito. Pelas redes sociais, os fãs detectaram rapidamente qual era o problema: Angelique havia colocado seu vestido ao contrário, de frente para trás. Pode parecer um detalhe bobo a primeira vista, mas tratava-se da maior premiação da TV mexicana, onde estavam presentes as maiores celebridades do país, isso é considerado uma gafe gravíssima.

Depois que acabou a premiação, Angelique foi ao Instagram gravar um divertido vídeo nos Stories, onde ela culpa seu marido, Sebastián Rulli, pela gafe cometida. Segundo ela, foi Rulli quem lhe ajudou a se vestir. Angelique encarou a situação com bom humor e aproveitou para demonstrar todo seu carinho pelo marido, chamando-o várias vezes de "amor" e "minha vida".

Prêmio TVyNovelas 2019

O grande destaque da noite no Prêmio TVyNovelas 2019 foi a novela "Amar a Muerte", interpretada justamente por Angelique Boyer.

Publicidade

O folhetim ganhou o prêmio de melhor novela do ano, e Angelique Boyer venceu na categoria melhor atriz. "Amar a Muerte" ganhou muito destaque no México por ter sido uma das poucas tramas da história da Televisão mexicana em que a protagonista morre no final. Os fãs não gostaram muito do final escolhido, mas sem sombra de dúvidas isso ajudou muito para que a novela ganhasse popularidade. Além de Angelique, Alejandro Nones ganhou o prêmio de melhor vilão, também por seu papel marcante em 'Amar a Muerte', onde interpretou o personagem Johny Corona.