Escrito por Leo Dias, jornalista conhecido por noticiar a vida dos famosos, o livro “Furacão Anitta” vem dando o que falar. Dedicado a revelar detalhes a respeito da vida da cantora, a obra não poupa detalhes a respeito dos envolvimentos amorosos de Anitta.

Na biografia não autorizada, o jornalista afirma que a cantora Anitta viveu um relacionamento abusivo com Thiago Magalhães. O jornalista afirma que pessoas próximas da cantora classificaram o relacionamento do ex-casal como "tóxico" e baseado em assédio moral. Léo ainda afirma que eram proferidas palavras como "burra" e "suburbana" contra Anitta, e isso acontecia na frente de diversas pessoas.

Publicidade

Thiago Magalhães se manifesta em relação a biografia

O ex-marido de Anitta disse que se o jornalista Dias contar pelo menos 20% da verdade acerca do casamento que ele teve com Anitta, muitas pessoas mudarão de opinião. Magalhães disse que podem fazer parecer com que ele seja a pior pessoa do mundo, mas que ele não se importará, pois já passou por isso e conseguiu lidar com esse tipo de situação.

Revelações do livro

A primeira história relatada pela biografia revela que Anitta ficou com André Marques, que atualmente apresenta o 'The Voice Kids', mas ele traiu a cantora com uma bailarina integrante do elenco do 'Domingão do Faustão'.

No livro, Leo Dias conta que os dois se davam bem do ponto de vista sexual, mas que quando a cantora descobriu a respeito da traição, colocou um ponto final no enlace. Além disso, o jornalista aponta que Marques nunca havia assumido um relacionado com ninguém e, possivelmente, também não assumiria um com Anitta.

Sobre o envolvimento com Luan Santana, Dias relata que o ex-casal esteve junto pela primeira vez na ocasião do casamento do cantor Thiaguinho e da atriz Fernanda Souza, em meados de fevereiro de 2015.

Publicidade

Ao contrário do que é comentado a respeito de André Marques, o motivo do fim do enlace teria sido a falta de química entre Anitta e Santana, fato que teria sido relatado pela cantora a alguns amigos próximos.

As razões para terminar com o humorista Eduardo Sterblitch, do 'Pânico na TV', seriam um pouco mais complexas que isso. Embora existisse química entre Eduardo e Anitta, a biografia da cantora relata que o romance acabou devido ao elevado consumo de álcool por parte de Sterblitch. Para fechar o rol dos humoristas que se relacionaram com Anitta, é válido abordar Fábio Porchat, com quem a cantora também não possuía química e, assim, o caso não se desenvolveu muito.

Um trecho que promete levantar polêmicas está ligado ao jogador de futebol Neymar, com o qual a cantora também ficou durante o carnaval de 2019. Segundo é relatado por Leo Dias, Anitta teve “um caso breve” com o jogador no ano de 2016. Dias conta que o caso teria ocorrido quando Anitta viajou a trabalho para a Europa e os dois acabaram se encontrando. Nessa ocasião, Neymar e Marquezine estavam separados e o enlace foi "inofensivo", mas suficiente para deteriorar ainda mais a relação entre a cantora e a atriz.

Publicidade

Outro grande nome a figurar as páginas de “Furacão Anitta” é Lewis Hamilton, piloto de Fórmula 1. O “rolo”, conforme Leo dias descreve o relacionamento dos dois, teria durado seis meses e se iniciado no ano de 2016. Por fim, a obra ainda promete abordar aspectos da bissexualidade da cantora, bem como casos com homens assumidamente homossexuais.