A atriz Cláudia Rodrigues, que estava internada desde o dia 20 deste mês, primeiramente no CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Clínica São Vicente, localizada na Gávea, no Rio de Janeiro, e posteriormente transferida para a UTI do Hospital Albert Einstein, tem mostrado uma melhora em seu quadro clínico. Ela foi internada após voltar de uma viagem para Salvador, onde participou de um congresso médico em que divulgava a maconha medicinal, o canabidiol.

Após a internação da atriz no Hospital Albert Einstein, a empresária de Cláudia negou inúmeras vezes que a atriz estava em coma induzido e com coágulos, inclusive, estaria insatisfeita com o jornalista Leo Dias, que teria passado informações erradas a respeito do estado de saúde da humorista.

Publicidade

Leo Dias divulgou que o motivo da transferência da atriz teria sido porque no hospital em que ela estava, os médicos não aceitavam o uso do canabidiol (maconha medicinal) para o tratamento da doença, o que foi negado pela empresária posteriormente.

Adriana Bonato, amiga e empresária de Claudia, deu a declaração de melhora da atriz e relatou que no momento Claudia se encontra bem melhor do que há alguns dias. A atriz já consegue comer, reconheceu as pessoas e sabe quem ela é. Os resultados dos exames e ressonâncias saíram e a esclerose não está ativa no momento.

A empresária ainda relata que a atriz não possui novas lesões e um surto ou qualquer problema relacionado com a esclerose no momento está descartado, e o que ela teve foi de fato uma convulsão. A atriz passará novamente por uma bateria de exames hoje.

O diagnóstico

O diagnóstico da atriz ocorreu no ano de 2000, quando demonstrou os primeiros sinais da doença. De lá para cá, Cláudia Rodriges ja foi internada inúmeras vezes, onde realizou diversas tentativas de amenizar a doença, como o transplante de células tronco realizado há alguns anos.

Publicidade

Em alguns momentos, a doença teria afetado aspectos importantes como a locomoção e a audição. Mesmo com o diagnóstico, a atriz continuou seus planos e sonhos, atuou em diversos programas e peças e realizou um dos seus maiores sonhos, que era ser mãe. Ela teve Iza, que agora tem 16 anos, e recentemente foi motivo de muita felicidade para a mãe ao passar na Universidade.

Apesar de ser uma doença autoimune e que deteriora e atinge diretamente o sistema nervoso, a atriz vem se recuperando das crises ao longo dos anos e se mantendo firme com a ajuda de sua filha e empresária, sempre presentes.