A apresentadora Fátima Bernardes aborda em seu programa "Encontro" os mais variados tipos de assuntos. Contudo, no último programa exibido na quarta-feira (20), o tema da atração acabou sendo família, o que fez com que a apresentadora comentasse sobre nova configuração de sua família.

Dessa forma, Fátima Bernardes abriu espaço para falar de como as famílias são constituídas nos dias atuais. Assim, ela e seus convidados discutiram sobre o conceito de família e como ele evoluiu, tornando-se mais abrangente em tempos modernos, tudo num tom de muito respeito, amor e carinho.

Publicidade

Fátima Bernardes, já foi casada por 26 anos com o jornalista Willian Bonner, apresentador do "Jornal Nacional", da Rede Globo. Os dois têm três filhos e chegaram a apresentar juntos o telejornal durante muito tempo, até que Fátima Bernardes decidiu arriscar algo novo, decidindo então aproveitar uma oportunidade que havia surgido na emissora carioca de apresentar um programa somente seu.

A grande surpresa do programa "Encontro" foi a apresentadora falar abertamente sobre a sua família e os novos núcleos familiares.

A pauta do programa foi baseada em dados do IBGE que apontam que, desde 2006 até 2015, a “tradicional” família brasileira formada por um pai, uma mãe e filhos, deixou de ser a maioria nos modelos familiares do Brasil.

Sendo assim, durante a discussão sobre o assunto família e novos núcleos familiares, Fátima Bernardes falou sobre a composição atual de sua própria família, já que ela se separou de Willian Bonner, fazendo com que outro tipo de família surgisse.

A apresentadora falou de como era sua família durante o casamento, ela disse que durante 26 anos o seu núcleo familiar era composto por ela, Willian e os seus filhos.

Publicidade

Hoje em dia, segundo Fátima Bernardes, sua casa é ela e seus filhos, e a casa do seu ex-marido é composta por Willian e sua esposa, e, quando os seus filhos estão juntos, eles complementam esse núcleo familiar do ex-marido. Mostrado que devido à separação, ambos os núcleos familiares mudaram.

A apresentadora também comentou que não se encaixa no modelo de família tradicional composta por pai, mãe e filhos em uma mesma casa, ela acredita que a maioria das pessoas tem um tipo de família mais parecida com a família dela do que com a família chamada de tradicional. "A gente está nessa reconstrução", disse a dona do "Encontro".

A diversidade dos novos modelos familiares no Brasil

Os núcleos familiares hoje em dia são bem diversos, pessoas do mesmo sexo podem se casar e adotar filhos, casais podem se separar e continuar tendo um Relacionamento próximo, mães e pais solteiros que ainda moram com os pais. Enfim, todos esses modelos não se encaixam na visão tradicional de família tida como "ideal" de antigamente.

A apresentadora finalizou falando que os dados do IBGE de 2015, além de revelarem esses números, mostra como as próprias pessoas estão enganadas em relação aos núcleos e modelos familiares no Brasil, sendo assim, não existe essa de tradicional família brasileira.

Publicidade