Após uma dura acusação vinda do ator da Globo, José de Abreu, envolvendo o Hospital Albert Einstein, com Jair Bolsonaro, o hospital tomou a decisão de processar o ator. Logo após a posse de Jair Bolsonaro como presidente da República, que aconteceu no primeiro dia do ano, José de Abreu se mostrou irritado com o fato, usando seu perfil no Twitter para atacar o político. Ele afirmou que a facada que Bolsonaro levou quando estava na cidade de Juiz de Fora (MG) era algo mentiroso e forjado, e que o presidente teria obtido ajuda do hospital para mentir sobre o ocorrido.

Publicidade
Publicidade

No Twitter, José de Abreu afirmou que o Brasil "terá um governo repressor", no qual a eleição foi abdicada por uma "fraudulenta facada elaborada pelo Mossad com o apoio Albert Einstein". Ele ainda continua dizendo que a união que estava por vir entre o serviço secreto israelense juntamente com a igreja evangélica seria algo negativo para o povo brasileiro. Minutos depois, o ator decidiu apagar a postagem feita.

Depois da publicação ganhar espaço, a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein decidiu mostrar seu repúdio sobre a fala de José de Abreu, classificando por meio de uma nota o tweet do ator como algo "grave, insultuosa e infundada".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Jair Bolsonaro

No momento do acontecido, a instituição deixou claro que iria buscar retratação na justiça e continuar com o compromisso de "zelar" pelo Brasil.

Já no mês de fevereiro, a instituição entrou com um processo pedindo uma indenização por danos morais. O valor pedido pelo hospital seria de R$ 50 mil, estando sob a responsabilidade da juiza Claudia Carneiro Calbucci Renaux.

José de Abreu se autodeclara presidente do Brasil

Como meio de um protesto contra o atual presidente Jair Bolsonaro, José de Abreu decidiu fazer algo inusitado, se autoproclamando presidente do Brasil, uma clara referência à ação tomada por Juan Guaidó na Venezuela.

Publicidade

Ele também deixou claro sua inspiração no ator colombiano Alejandro Muñoz, outra polêmica celebridade que decidiu virar presidente de seu país por conta própria. Para declarar tal feito, José de Abreu usou seu perfil no Twitter, relatando que tinha acabado de proclamar ser o novo Presidente do Brasil. Em poucos minutos, o assunto repercutiu ao redor de todo o Brasil, sendo um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Não parando por aí, o ator ainda ressalvou que Lula teria o cargo de chefe da Casa Civil, militar e religiosa, exigindo a soltura do ex-presidente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo