Segundo informações passadas pela mídia inglesa, o vocalista da banda The Prodigy, Keith Flint, de 49 anos, foi encontrado morto dentro de sua casa, em Dunmow, na manhã desta segunda-feira (4). Ainda não se sabe a causa de sua morte.

De acordo com informações passadas pela policia à BBC, a central teria recebido diversas ligações nesta manhã de pessoas preocupadas com o estado de um homem na cidade, por isso, a causa da morte do vocalista não está sendo considerada como suspeita.

Ainda de acordo com informações, depois que policiais foram até o local se depararam com um homem de 49 anos já sem vida. Agora as autoridades esperam o relatório que será preparado pelos legistas para apurar qual foi a causa da morte do vocalista.

Keith Flint era casado com a DJ Mayumi Kai e, além da musica, também era apaixonado por motos. O vocalista inclusive já trabalhou em uma equipe da motovelocidade.

Flint nasceu em Londres, no ano de 1969, e desde cedo seguiu uma carreira artística. Flint era músico, dançarino e cantor. Em 1980, o cantor conheceu o DJ Liam Howlett, que depois de pouco tempo se tornou parceiro de banda de Flint, no conjunto musical The Prodigy. O vocalista sempre foi muito conhecido devido ao seu visual ousado e despojado. Keith Flint tinha em seu corpo diversos piercings e tatuagens e muitas vezes ousou ao colorir o cabelo de verde.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Saúde Televisão

Fãs prestam homenagens ao vocalista

Logo após a confirmação de sua morte, muitos fãs do conjunto musical começaram a prestar suas homenagens ao vocalista. O conjunto musical The Prodigy começou a fazer sucesso nos anos de 1990 quando lançou hits como “Breathe” e “Firestarter”, Os videoclipes desses hits passavam com frequência na MTV.

O maior sucesso da banda, conhecida por levar uma mistura de eletrônico com rock pesado, foi “The Fat of the Land”, faixa que chegou ao primeiro lugar das paradas de sucessos do Reino Unido e EUA.

Keith Flint iniciou no grupo apenas como dançarino, mas em pouco tempo se tornou o vocalista, sendo assim, deu vida a todos os sucessos do conjunto.

Em 2015, o vocalista afirmou ao jornal The Guardian que o grupo musical era antigamente visto como perigoso e excitante, mas com o passar do tempo ninguém quer mais ser perigoso. Sendo assim consomem outras musicas, consideradas genéricas por Keith.

O último álbum da banda foi lançado em 2018, o “No Tourists”, produto que ainda esta sendo divulgado pelo grupo, que recentemente havia retornado de uma turnê na Austrália.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo