Quando Marilda (Letícia Spiller) e Fabim (Marcelo Mello Jr.) transam na novela "O Sétimo Guardião", os telefones celulares da cidade tocam todos ao mesmo tempo, durante o clímax do casal, e o sexo é tão bom para ambos que eles decidem se tornar amantes.

Ao ir a loja de celular para consertar seu aparelho, a irmã de Marlene dá de cara com o amante e não resiste aos seus avanços. Ele tira a camisa e eles começam a se beijar desesperadamente. Nesse momento, os dois são flagrados juntos por Scarlet (Luiza Tomé).

Publicidade

A primeira-dama não pode deixar seu nome ser manchado, dessa forma, ela reverte a história dizendo que está sendo assediada sexualmente pelo pedreiro. É claro que a reputação de Marilda é tida como ilibada pelos moradores da cidade fictícia de Serro Azul, entretanto, seu marido Eurico (Dan Stulbach) ao saber da versão da esposa fica muito desconfiado e de orelha em pé.

Acontece que Marilda se recusa a prestar queixa contra ele na delegacia e isso deixa Eurico ainda mais desconfiado. Fabim perde o emprego e vai embora da cidade.

O início dessa sequência está previsto para ir ao ar no dia 18 de fevereiro.

A discussão entre Fabim e Marilda

Fabim fica muito assustado com a reação da loira ao ser flagrada por Scarlet que irá afirmar que foi à loja apenas para consertar o telefone e o ataque aconteceu por parte de Fabim. Para dar veracidade a cena, Marilda empurra o rapaz, aos gritos, chamando-o de "tarado, perseguidor de Mulher", dentre outros nomes.

Scarlet fica desconfiada e ainda diz que achou mesmo que a primeira-dama era chegada em um peão de obra. Acuada, Marilda diz que sofreu assédio na loja dela e que vai contar isso ao prefeito, seu marido.

Publicidade

É óbvio que Fabim tenta se defender, mas não querendo confusões, a mulher de Ypiranga (Fábio Betti) demite imediatamente o rapaz de sua loja.

Eurico fica sabendo de tudo por Scarlet, que se adianta em contar o caso ao prefeito que exige saber porque a mulher não foi à polícia. Ela, por sua vez, diz que ficou com vergonha de tudo, inclusive da desconfiança sobre sua moral, como o marido está fazendo.

Eurico sai atrás de Fabim disposto a fazer justiça com as próprias mãos, e nesse meio tempo Marilda termina tudo com o rapaz e o manda para fora da cidade.

De volta em casa e sem ter cometido nada contra o rapaz, por não encontrá-lo, Eurico exige que Marilda jure fidelidade, o que ela fará prontamente, dizendo que refeição para ela é só dentro de casa. Ela jura ser totalmente fiel ate que a morte os separe.