A youtuber Vitória Castro fez uma revelação polêmica através de seu canal. A jovem relatou que foi abusada sexualmente por um ex-BBB,e, sem citar nomes, descreveu como tudo teria acontecido.

Após o vídeo ser publicado em seu canal oficial no YouTube, Rafael Licks e Antonio Rafaski, ex-participantes do Big Brother Brasil, resolveram falar sobre o assunto publicamente, afastando qualquer tipo de acusação contra eles.

Rafael disse que fez questão de falar sobre o tema com Vitória para que ela tivesse certeza de que ele não tenha nada a ver com a história.

Publicidade
Publicidade

“Ela é um amor, superquerida”, afirmou o rapaz, dizendo que havia ficado impressionado com o acontecido. Para completar, ele disse que falou sobre com intuito de reportar e deixar tudo certo com relação ao seu nome na polêmica.

Vitoria também esclareceu o fato e disse que Rafael foi falar com ela e não tinha nada a ver com o acontecido. Ela contou ainda que o conheceu no navio e ele é uma pessoa "sensacional". “Ele não tem nada a ver com essa história", declarou a influenciadora digital.

Antonio também fez questão de deixar claro que não tem nenhum tipo de envolvimento com esse acontecimento. “Estou com a coincidência totalmente tranquila”, respondeu o modelo, dizendo que as medidas cabíveis estavam sendo tomadas pela Justiça.

Entenda o caso

Vee Castro, como é conhecida popularmente, gravou um vídeo em seu canal no YouTube narrando ter sido abusada sexualmente por um ex-participante do BBB em um navio. Segundo ela, estava sentada mexendo no celular quando o suspeito se deitou perto dela e começou a se aproximar.

Publicidade

Ela se recusou, virando o rosto e o rapaz questionava a razão de estar fazendo isso. “Eu dizia que não podia”, relatou a influenciadora, enquanto destacava a insistência do suspeito. No final, ele conseguiu beijá-la e diante da atitude ela pediu para que o ex-BBB parasse com aquilo.

No entanto, após pedir para que o rapaz se retirasse e fosse embora, Vitória começou a receber uma resposta negativa. A youtuber relata que o suspeito estava a prendendo com a perna jogando seu peso para cima dela, impedindo que ela saísse do local.

Ao se dar conta que estava sendo estuprada, Vee chorou muito, e o rapaz simplesmente não a obedecia, continuando a abusar sexualmente da jovem. Ela chegou a declarar que foi obrigada a fazer sexo oral no indivíduo, que ainda a penetrou sem o uso de preservativo.

O fato chamou a atenção, e Vitoria, por motivos judiciais, preferiu não falar o nome do suspeito. Apesar disso, ela declarou que ao fazer uma pesquisa na internet acabou descobrindo que o seu histórico não era dos melhores.

Publicidade

No vídeo publicado pela criadora de conteúdo é possível assistir na íntegra todos os detalhes do ocorrido.

Confira:

Leia tudo