Como já é costume em todas as eliminações que ocorrem no BBB, o eliminado sai da casa e já é entrevistado por Ana Maria Braga na manhã do dia seguinte. Nesta segunda-feira (8), quem participou do programa foi a ex-confinada Gabriela. A participante falou sobre diversos temas, desde a sua adoção até os planos futuros.

A apresentadora Ana Maria Braga, ao final da entrevista, perguntou para Gabriela o que ela pretendia fazer agora, do lado de fora da casa do BBB.

Publicidade
Publicidade

Gabriela não titubeou e disse que, antes de tudo, fará umas “coisas” em relação a uns vídeos que assistiu na madrugada da eliminação. Ela disse que teve muito respeito dentro do programa e que esse vídeo a deixou chocada. A sister revelou que vai conversar com o participante Rodrigo sobre o processo que ele move contra Paula em relação a acusação de intolerância religiosa. No entanto, Gabriela não citou o nome da colega de programa.

Publicidade

Ao ser eliminado, Rodrigo também compareceu ao “Mais Você” e deixou bem claro que entraria na Justiça contra a participante Paula. O ex brother disse que ele e sua família cultuam ao Candomblé e que a religião não tem a intenção de catequizar outras pessoas. Além disso, ele afirmou que não foi para o programa para catequizar os colegas e que as pessoas têm o costume de crer que o culto ao Candomblé é um culto “ao maligno”, mas que não procuram perguntar sobre o que se trata.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
BBB Big Brother Brasil Fofocas

Rodrigo disse que o processo contra Paula não seria somente por ele mesmo, mas por toda a comunidade que é desrespeitada devido a sua religião. O participante disse que, de maneira nenhuma, poderia se calar, e que talvez ele tivesse entrado no programa justamente para que houvesse uma reflexão a esse respeito.

Rodrigo presta queixa contra Paula

Na última sexta-feira (5), Rodrigo compareceu à delegacia e registrou um boletim de ocorrência contra a colega de programa, Paula.

O ex-BBB disse que assistiu aos vídeos em que Paula fala de sua religião e se sentiu entristecido e chocado. No entanto, segundo ele, aqueles vídeos serviram para provar que ele percorreu o caminho correto ao longo de toda a competição pelo prêmio de um milhão e meio de reais.

O ex-participante foi eliminado da Casa com quase 70% de rejeição do público. Porém, Rodrigo deixou claro que, apesar de ter sido eliminado, ele viu nos vídeos uma série de comportamentos que não gostaria de reproduzir em sua participação no reality show e que se sente feliz por não ter ido por esse caminho.

Publicidade

O delegado responsável pelo caso informou que o próximo passo no processo é fazer a oitiva de Paula. Isso ocorrerá assim que a participante deixar o programa. Cabe lembrar que Paula é a virtual campeã do BBB19, segundo a enquete do UOL, despontando como a grande favorita do público, segundo a ferramenta.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo