"O Sétimo Guardião [VIDEO]" está passando por momentos de grandes mistérios com os possíveis assassinatos dos guardiões que protegem a fonte mágica de Serro Azul. Aos poucos, um a um estão sendo mortos por envenenamento da parte de um serial killer que não teve sua identidade revelada.

Publicidade
Publicidade

Acontece que, segundo o jornal Extra, os crimes não passariam de uma farsa e o final da trama promete revelar que todos os integrantes da irmandade continuam vivos.

Morte de guardiões seria um plano de Egídio e Judith

Dos sete guardiões que receberam a missão de proteger a fonte milagrosa de Serro Azul, três acabaram tendo finais trágicos ao se tornarem vítimas do serial killer misterioso: Machado (Milhem Cortaz), Feliciano (Leopoldo Pacheco) e Milu (Zezé Polessa).

Morte dos guardiões seria um plano para proteger a irmandade. (Reprodução/TV Globo)
Morte dos guardiões seria um plano para proteger a irmandade. (Reprodução/TV Globo)

Encontrados sem vida e com um bilhete sobre o corpo anunciando que novos guardiões seriam assassinados, os integrantes da irmandade secreta foram assassinados todos da mesma forma: envenenados por cianureto. Novas mortes prometem agitar a reta final da trama e Ondina (Ana Beatriz Nogueira) será a próxima vítima do assassino, seguida por Aranha (Paulo Rocha).

O que o público ainda não sabe é que todos esses crimes na verdade seriam uma maneira que Judith (Isabela Garcia) e Egídio (Antonio Calloni) encontraram para unir a irmandade mais uma vez e proteger o segredo da fonte.

Publicidade

Ainda de acordo com o Extra, esse seria um mistério revelado na reta final do folhetim, e o autor estaria guardando a sete chaves os últimos nove capítulos da novela, que termina no próximo dia 17 de maio. "Se Aguinaldo Silva não mudar de ideia, tudo não passou de um plano", informou o site.

As mortes dos guardiões

O primeiro guardião a ser assassinado misteriosamente foi o delegado Machado, que após ter seu segredo exposto em praça pública acabou se trancando na delegacia e amanheceu morto.

Seu corpo foi encontrada pela esposa Rita de Cássia (Flávia Alessandra), que se desesperou diante da situação.

"Ele é o primeiro, faltam 6", dizia o bilhete sobre o corpo do delegado. E assim aconteceu com mais um guardião, Feliciano, que foi encontrado sem vida em frente à igreja após passar a noite no cabaré de Ondina.

Um novo bilhete apontou a morte de outro membro da irmandade, e dias depois Milu teve o corpo encontrado por Murilo (Eduardo Moscovis), que usou seus instintos de gato e acabou encontrando a mística em um casebre abandonado nas proximidades da cidade de Serro Azul.

Publicidade

Junto ao corpo da comerciante de produtos esotéricos foram encontradas pétalas de rosas e luzes coloridas.

Padre Ramiro (Ailton Graça) e Gabriel (Bruno Gagliasso) seriam os últimos guardiões a serem assassinados caso o serial killer leve seu plano adiante. Mas como adiantou o Extra, todos eles retornariam com vida na reta final de "O Sétimo Guardião".

Leia tudo