Depois que o cão de Anitta, Plínio sofreu ataques maldosos e até ameaças de morte nas redes sociais, a ativista animal Luisa Mell decidiu se pronunciar sobre o ocorrido e expressou sua indignação no Instagram. Em seu perfil oficial, Mell disse ter sido marcada por muitas pessoas em fotos do Twitter mostrando alguns internautas realizando diversas ameaças contra Plínio, mas a ativista disse ter inicialmente pensado se tratar apenas de Fake News.

Em sua postagem, Luisa anexou a foto de Anitta com seu cachorrinho e alguns comentários, considerados pela ativista covardia.

Publicidade
Publicidade

Para acompanhar a fotografia, Luisa desabafou em um texto e disse não conseguir entender nem aceitar tanta maldade, crueldade e covardia.

Continuando, Mell também aproveitou pra aconselhar Anitta, e disse que tais usuários merecem ser processados por incitação ao ódio. “Desculpa Plinio, por esta humanidade doente”, escreveu.

Não demorou muito para que a postagem de Luisa ganhasse repercussão nas redes sociais, inclusive entre Famosos, como Yanna Lavigne, que comentou chamando tais usuários de “monstros”, e Arlindo Grund, que demonstrou sua indignação escrevendo “Inacreditável”, em letras maiúsculas.

Luisa Mell sai em defesa do cão de Anitta. (Reprodução/Instagram/@luisamell)
Luisa Mell sai em defesa do cão de Anitta. (Reprodução/Instagram/@luisamell)

Uma anônima também chamou atenção com seu comentário, e disse que essas pessoas merecem ser processadas.

Vale lembrar que Plinio ficou conhecido na internet por causa de uma suposta cisma com a cantora Pabllo Vittar. Segundo Leo Dias escreveu na biografia não autorizada de Anitta, “Furacão Anitta”, o cachorrinho da cantora nunca se deu bem com a drag, que sofria constantes rosnadas enquanto era amiga da funkeira.

Luisa Mell no Caldeirão do Huck

Na última quinta-feira (11), Luisa Mell foi uma das convidadas para o “Especial Inspiração”, do “Caldeirão do Huck”, na Rede Globo, e ainda nos bastidores decidiu falar sobre o comportamento de nossa atual sociedade, e ressaltou a importância das redes sociais para os Animais.

Publicidade

Luisa disse que em todo o mundo animais ainda continuam sendo tratados como coisas, mas mesmo assim, para a ativista, hoje a sociedade tem se importado mais com esta causa. Continuando, Mell diz que a sociedade esta tentando dar mais voz para os animais. “Eu faço parte, também”, disse.

Para quem não acompanha o trabalho da ativista, em 2015, Luisa Mell criou o “Instituto Luisa Mell”, uma ONG que tem como principal objetivo defender os direitos de todo e qualquer animal.

Desde então, Luisa está constantemente nas redes sociais saindo em defesa de animais que se encontram, ou já se encontraram com algum tipo de maltrato ou risco. Hoje, a ONG criada por ela cresceu, ganhando até uma sede onde vivem mais de 300 animais resgatados das ruas.

Leia tudo e assista ao vídeo