Depois que o cão de Anitta, Plínio sofreu ataques maldosos e até ameaças de morte nas redes sociais, a ativista animal Luisa Mell decidiu se pronunciar sobre o ocorrido e expressou sua indignação no Instagram. Em seu perfil oficial, Mell disse ter sido marcada por muitas pessoas em fotos do Twitter mostrando alguns internautas realizando diversas ameaças contra Plínio, mas a ativista disse ter inicialmente pensado se tratar apenas de Fake News.

Publicidade
Publicidade

Em sua postagem, Luisa anexou a foto de Anitta com seu cachorrinho e alguns comentários, considerados pela ativista covardia. Para acompanhar a fotografia, Luisa desabafou em um texto e disse não conseguir entender nem aceitar tanta maldade, crueldade e covardia.

Continuando, Mell também aproveitou pra aconselhar Anitta, e disse que tais usuários merecem ser processados por incitação ao ódio. “Desculpa Plinio, por esta humanidade doente”, escreveu.

Publicidade

Não demorou muito para que a postagem de Luisa ganhasse repercussão nas redes sociais, inclusive entre Famosos, como Yanna Lavigne, que comentou chamando tais usuários de “monstros”, e Arlindo Grund, que demonstrou sua indignação escrevendo “Inacreditável”, em letras maiúsculas. Uma anônima também chamou atenção com seu comentário, e disse que essas pessoas merecem ser processadas.

Vale lembrar que Plinio ficou conhecido na internet por causa de uma suposta cisma com a cantora Pabllo Vittar.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Animais

Segundo Leo Dias escreveu na biografia não autorizada de Anitta, “Furacão Anitta”, o cachorrinho da cantora nunca se deu bem com a drag, que sofria constantes rosnadas enquanto era amiga da funkeira.

Luisa Mell no Caldeirão do Huck

Na última quinta-feira (11), Luisa Mell foi uma das convidadas para o “Especial Inspiração”, do “Caldeirão do Huck”, na Rede Globo, e ainda nos bastidores decidiu falar sobre o comportamento de nossa atual sociedade, e ressaltou a importância das redes sociais para os Animais.

Luisa disse que em todo o mundo animais ainda continuam sendo tratados como coisas, mas mesmo assim, para a ativista, hoje a sociedade tem se importado mais com esta causa. Continuando, Mell diz que a sociedade esta tentando dar mais voz para os animais. “Eu faço parte, também”, disse.

Para quem não acompanha o trabalho da ativista, em 2015, Luisa Mell criou o “Instituto Luisa Mell”, uma ONG que tem como principal objetivo defender os direitos de todo e qualquer animal.

Publicidade

Desde então, Luisa está constantemente nas redes sociais saindo em defesa de animais que se encontram, ou já se encontraram com algum tipo de maltrato ou risco. Hoje, a ONG criada por ela cresceu, ganhando até uma sede onde vivem mais de 300 animais resgatados das ruas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo