Mariana Goldfarb resolveu desabafar nesta segunda-feira (8), após enfrentar uma turbulência em um voo no Rio de Janeiro, cidade atingida por fortes chuvas. Famosos como a apresentadora Glória Maria publicaram em seu perfil no Instagram fotos mostrando o alagamento pelas ruas da cidade.

Com a atriz não foi diferente. Ela estava na ponte aérea São Paulo-Rio de Janeiro, quando acabou sendo pega de surpresa pelas fortes chuvas que estão caindo no local.

Publicidade
Publicidade

O trajeto geralmente dura cerca de 45 minutos. No entanto, Mariana precisou ficar cerca de duas horas nas alturas por causa da chuva.

O fato deixou a famosa assustada e Mariana relatou que viveu momentos de terror na aeronave. Ela classificou o acontecido como um "pesadelo da pior espécie", já que as chuvas fizeram o avião ficar desnorteado durante o voo.

“Passei um pesadelo da pior espécie”, disse a atriz, que pensou que, na realidade, iria morrer naquele momento.

“Achei que o avião fosse cair”, relata Mariana, dizendo que durante o momento de terror pensou em sua vida e como tudo iria mudar dali para frente.

Mariana relatou que aprendeu muito com o momento de pânico que presenciou durante o voo. Neste momento, inclusive, ela pode colocar à prova questões pessoais, como a sua relação com familiares, amigos e também como ser uma pessoa melhor.

Em seu relato, ela disse que quando está dentro de um avião em uma tempestade simplesmente não há o controle mental.

Publicidade

“Não dá para fazer nada”, explicou, falando que todos os passageiros ficaram desesperados e sem saber o que que fazer. A namorada de Cauã Reymond disse que o momento serviu como uma reflexão, reformulando o que deve continuar fazendo e o que não deve deixar mais fazer parte de sua vida.

Por fim, Mariana fez questão de deixar uma mensagem para todos os seus fãs. No texto, ela ressalta que todos devem viver a vida e serem muito felizes, pois ela é muito curta.

Prefeito fala sobre as fortes chuvas

Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro, falou sobre a situação de emergência devido as fortes chuvas na cidade. Ele também admitiu que a prefeitura cometeu um erro em antecipar as ações contra as chuvas dessa segunda-feira (8).

Segundo o prefeito, as equipes da Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana) deveriam estar no local desde cedo antes do grande temporal. Mas, devido ao engarrafamento, chegaram com os equipamentos para desobstruir a rede pluvial no meio da tarde.

Publicidade

Havia um combinado de sempre antecipar situações como essa. "Nisso nós falhamos. Atrasamos. Quando fomos, por volta das 15h, 16h, o engarrafamento já estava se formando e atrasamos" justificou o prefeito, que pretende ir na parte da manhã na próxima chuva.

Leia tudo