Nos turbulentos capítulos da reta final de "O Sétimo Guardião", novela das 21 horas da Rede Globo de Televisão, o serial killer que anda à solta na cidade de Serro Azul fará sua terceira vítima entre os guardiões: Milu. De acordo com informações do colunista Daniel Castro, no capítulo que está previsto para ir ao ar no dia 17 de abril, a mulher irá desaparecer e o gato Murilo (Eduardo Moscovis) vai encontrá-la em uma cabana no meio da mata, morta.

Antes dela, porém, o serial killer misterioso já terá feito duas vítimas: o delegado Machado (Milhem Cortaz) e o ex-mendigo Feliciano (Leopoldo Pacheco).

Publicidade

Um outro mistério surgirá no meio dessas mortes brutais cometidas pelo impiedoso assassino: nem Machado, nem Feliciano terão funerais! Esse fato tem a ver com a surpresa que o escritor da trama, Aguinaldo Silva, tem reservado mais para o final.

Os assassinatos

Depois de Gabriel (Bruno Gagliasso) ser baleado por Sampaio (Marcello Novaes) e o delegado Machado ser encontrado morto com um bilhete escrito "faltam seis", será a vez de Feliciano aparecer morto na porta da igreja com um bilhete escrito "faltam cinco", fazendo clara alusão aos guardiões que são sete e que ficarão apavorados sem saber quem será o próximo.

Depois desses fatos, será a vez de Milu que deixará Elisa (Giulia Buscacio) encucada por não ter encontrado a mística em casa. Ondina (Aana Beatriz Nogueira) vai começar então a pressionar os demais guardiões para que encontrem Milu.

Usando seu faro felino, Murilo (que é o gato León) vai seguir o rastro da esotérica e vai acabar por encontrá-la em uma cabana, no meio do mato. Seu corpo estará em cima de pétalas de rosas. Ele comunicará sua morte pelo celular e dirá que preso em seu corpo há um bilhete escrito "faltam quatro".

Publicidade

O mistério guardado por Aguinaldo Silva

De acordo com o site Pure People, o autor da novela deixou um recado no roteiro da novela que diz o seguinte: "Ah, sim, só para constar: Milu vai voltar".

O autor não deu mais detalhes nem mesmo para o elenco da novela, mas Zezé Polessa, que interpreta Milu, é a única que ainda não recebeu o aviso de dispensa da trama. Isso não necessariamente significa que sua morte foi uma simulação e que ela vai voltar em carne e osso. Há possibilidades de que ela volte em visões ou no imaginário e lembranças dos personagens.

O fato é que ela vai voltar na trama, de alguma maneira que ainda não sabemos qual será.

Em cena pós-morte, Milu aparecerá sorrindo em sua bola de cristal e Ondina, que tenta providenciar o funeral, é impedida por Sampaio, que assumirá o cargo de delegado da cidade depois da morte de Machado. O vilão dirá que é necessário ter a liberação do corpo pela polícia para a realização dos atos fúnebres.